Na sombra de um gigante, um elefante

O gigante Residencial Herrmann Blumenau, levanta-se aos poucos, entre dúvidas e espantos (André Bonomini)

O gigante Residencial Herrmann Blumenau, levanta-se aos poucos, entre dúvidas e espantos (André Bonomini)

É unanimidade geral. Difícil não passar hoje pela região do Terminal da PROEB sem não notar o gigantesco Residencial Herrmann Blumenau, ousadia da Construtura Nova Trento que se levanta extravagantemente do solo com os 35 andares a vista e ostentando o pomposo titulo de edifício mais alto de Blumenau. Impressiona, seja em terra quanto no terraço do prédio. A vista é colossal, sem exagero no adjetivo.

Dizem ser o empreendimento simbolo de uma Blumenau grande e forte, outros (como eu) ficam a se perguntar sobre a capacidade do trânsito na região de comportar novos moradores ou como um titã deste se ergue colado ao ribeirão. Seja qual for o detalhe, outro prédio me impressiona mais na redondeza, não pelo tamanho, mas pelo tempo que está como um verdadeiro elefante branco, ao lado do Terminal da PROEB.

...enquanto isso. Este prédio ao lado do Terminal da PROEB? Quem é o pai da criança? Qual o destino dele? Alguma pista? (André Bonomini)

…enquanto isso. Este prédio ao lado do Terminal da PROEB? Quem é o pai da criança? Qual o destino dele? Alguma pista? (André Bonomini)

Desde que me conheço por gente, fico tentando descobrir o destino daquela construção, tem aproximadamente 12 andares, sendo dois ou quatro apartamentos por andar, no reboco puro, com um ornamento no alto da torre do elevador e pichado de cima a baixo. É um mistério, não se sabe a construtora, se a construção está parada, ou se continua a passo de tartaruga. Só se sabe que é um tremendo desperdício, sem contar que se torna um habitáculo para todo o tipo de delinquente, desde pichadores aos usuários de drogas.

Na mesma Rua 7 outro prédio, o Premier Home Stay, também vivera situação semelhante há alguns anos atrás, até ter a construção retomada e transformar-se em um belo residencial/prédio comercial. Na Rua Martin Luther, outra construção próxima a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (Mórmon) também era um simples armado em reboco, sendo terminada pela Construtora Bella Cyntra, transformou-se no Edifício Bellagio Residence, muito belo de linhas por sinal.

Isto que, neste post, não mencionamos aqui o Edifício América, eterna companhia horrorosa de olhos dos blumenauenses justo no centro histórico e que não condiz, nem com a história do glorioso Clube Náutico América nem com a graça do tão esquecido centro histórico (antigo Stadtplatz). Isto é papo para outro momento, e será bem papeado sem dúvida!

Esta é a especulação imobiliária em Blumenau, onde gigantes imponentes sobem…e outros medíocres viram elefantes a sombra da cidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s