Antigamente: O Posto Tamarindo

10475672_786550648033120_8219688094082171394_n

O antigo Posto Tamarindo nos anos 80. Bandeira Esso, visual futurista e adornado pela frondosa arvore que lhe dava o nome…Tudo virou passado (Antigamente em Blumenau)

Você olha para esta foto e diz calmamente: Hoje, a ponte passa por ai.

E é isto mesmo, a Ponte do Tamarindo (leia-se Ponte Vilson Pedro Kleinubing) passa exatamente por este local do destaque em nosso quadro de lembranças dos bons tempos da cidade-jardim. Com um cenário futurista, o Posto Tamarindo literalmente desapareceu da cena na Rua São Paulo, virando história e abrindo caminho para o mais importante empreendimento de trânsito da cidade, um dos únicos somando-se a Via Expressa.

Início da Rua São Paulo, esquina com a Rua Iguaçu, por do sol num passado ainda jovial de Blumenau, junto do Posto e do tamarindo, hoje finado (Antigamente em Blumenau)

Início da Rua São Paulo, esquina com a Rua Iguaçu, por do sol num passado ainda jovial de Blumenau, junto do Posto e do tamarindo, hoje finado (Antigamente em Blumenau)

Visual inspirador, retrato de outros tempos de uma cidade que ainda, mesmo nas ruas centrais, andava sobre lajotas e pensava em desfazer o nó do trânsito citadino. E em destaque, claro, aquele que deu nome ao posto e emprestou-o ao apelido da ponte. O velho e frondoso tamarindo, ainda em plena saúde. Nem lembra a deprimente cena que se vê no trevo de entrada da ponte, do que restou da poesia que emanava desta planta.

Anos 90, a ponte chegava, o posto resistia, era o curso do progresso precisando apagar o clássico em nome do futuro (RBS)

Anos 90, a ponte chegava, o posto resistia, era o curso do progresso precisando apagar o clássico em nome do futuro (RBS)

Hoje, o posto virou história, e a ponte cumpre o papel como planejado há tantos anos, o de levar o blumenauense do Centro ao norte de Blumenau mais rapidamente, mesmo que um pouco mais acinzentadamente.

Deixe uma resposta