Old McDonalds: Another times in USA

Os anos 60 no McDonalds: Comerciais como reflexo de uma sociedade americana ingênua diante do mundo lá fora...(Reprodução)

Os anos 60 no McDonalds: Comerciais como reflexo de uma sociedade americana ingênua diante do mundo lá fora…(Reprodução)

A inocência infantil, a juventude no trabalho puramente americano, famílias confraternizando entre si. Outros tempos nos EUA dos anos 60. Longe do Movimento dos Direitos Civis dos Negros, da Guerra do Vietnã e de toda a revolução musical e cultural da época, uma vida jovem e (supostamente) alegre que rolava nos 60′ years da Terra do Tio Sam, tudo isto refletido nos comerciais da época do McDonalds, ainda uma rede jovem do fast-food americano que o mundo ainda não havia descoberto. Interessante registro histórico dentro de uma inocência cercada de tensões, revoltas e revoluções.

Criado como uma churrascaria por Richard e Maurice McDonald em 1937, a cadeia foi transformada em uma potência do fast-food (ou junk food, para os rebeldes e puristas) pelo empresário Ray Kroc, em 1948. Os comerciais abaixo mostram aspectos da franquia entre 1963 e 1968, tendo ainda como detalhe uma aparição do eterno palhaço-mascote Ronald McDonald, já repaginado depois do primeiro (e tenebroso) comercial do personagem, em 1963. Um tempo em que maquiar o lanche na TV era literalmente…absolutamente…matematicamente impossível.

Lanchonete McDonalds em Downey, Califórnia. A terceira da história da cadeia, a última remanescente dos tempos "aureos" (Wikipedia)

Lanchonete McDonalds em Downey, Califórnia. A terceira da história da cadeia, a última remanescente dos tempos “aureos” (Wikipedia)

Execrado por chefes de cozinha, visto como produto do capitalismo americano, simbolo da globalização, temido pelos defensores da comida saudável (com razão)…eis para os amigos alguns pequenos recortes do passado dos golden arches do McDonalds:

Deixe uma resposta