Newsletter das Assessorias nº3: Cadeiras de Rodas, Blusol, “Reflexos” e Brandili

Farbe e Senai entregam duas cadeiras de rodas criadas a partir de bicicletas

(Marina Melz / Melz Assessoria de Imprensa)

Uma das cadeiras de roda, feitas a partir de bicicletas e entregues pelas equipes da Farbe e do Senai (Divulgação / Melz)

Uma das cadeiras de roda, feitas a partir de bicicletas e entregues pelas equipes da Farbe e do Senai (Divulgação / Melz)

Luzia Ridieri estava desde o início do ano com uma cadeira de rodas emprestada. Ela perdeu o movimento das pernas aos dois anos, por conta de uma meningite que não foi tratada adequadamente. Mas a vida não parou: completa 50 anos em outubro de 2015, mora com a família e mais uma amiga cadeirante, preside uma entidade não-governamental e cuida da casa e da neta de quatro anos com carinho. Luzia recebeu, na tarde do último dia 19 de agosto, a primeira cadeira de rodas desenvolvida por um projeto conjunto entre a Farbe, indústria especializada em malhas e tecidos com sede em Indaial (SC), e o Senai.

A ideia partiu de um colaborador da empresa, através do Comitê de Inclusão de Pessoas com Deficiência, que existe há três anos. Tamires Lenzi, da área de Recursos Humanos da Farbe, explica que o grupo se reúne mensalmente com o objetivo de atrair e reter esses talentos e foi numa dessas conversas que a proposta surgiu. Através de uma colaboradora que leciona no Senai, levamos essa ideia até eles e o resultado está aqui: duas pessoas, num curto prazo, atendidas com novas cadeiras, diz.

A primeira cadeira foi construída através da arrecadação de bicicletas por parte dos próprios colaboradores da Farbe. O resultado animou tanto os alunos do Senai, que eles mesmos arrecadaram mais duas bikes para construir mais uma.

As equipes reunidas na entrega (Divulgação / Melz)

As equipes reunidas na entrega (Divulgação / Melz)

Luiz Cesar Cidral, coordenador do Núcleo de Qualificação Profissional, diz que o projeto é inédito no Senai da região. Foi uma ideia excelente da Farbe em nos procurar. Criamos o desenho técnico e logo em seguida colocamos em prática com os alunos no curso de solda, diz. Já na segunda cadeira, outros cursos também entraram no projeto. De acordo com ele, os alunos ganharam a oportunidade de colocar em prática o que aprendem na teoria e ainda entenderem que o trabalho deles vai poder atender muita gente.

Luzia saiu da cerimônia de entrega com a sua nova cadeira e um sentimento de gratidão tanto pela Farbe quanto pelo Senai. Brinco que só não faço milagre nem ando. E agora vou poder fazer ainda mais coisas graças a essa iniciativa tão boa, conclui.

 

Blusol comemora 18 anos em SC

(Tamiris Schlegel / Presse Comunicação Empresarial)

A sede do Blusol, na entrada da Rua Paulo Zimmermann. Instituição completa 18 anos de atuação no microcrédito em Blumenau e no estado (Jaime Batista)

A sede do Blusol, na entrada da Rua Paulo Zimmermann. Instituição completa 18 anos de atuação no microcrédito em Blumenau e no estado (Jaime Batista)

Na última sexta-feira (28/08) a Instituição Comunitária de Crédito Blumenau Solidariedade (BluSol) celebra 18 anos de microcrédito. De acordo com o diretor Executivo da BluSol, Amadeu Trentini, nestes anos a BluSol já emprestou mais de 274 milhões em 80 mil operações de microcrédito. E hoje, conta com mais de 11 mil clientes ativos em Santa Catarina.

O presidente da Blusol, Ido Steiner, destaca que a instituição oferece diversas opções aos autônomos e profissionais liberais. É um caminho para o microempreendedor com a garantia de emprego e desenvolvimento econômico, explica. Ele aponta que somente no primeiro semestre deste ano, foram liberadas 4.881 operações de créditos, girando mais de R$ 19 milhões em micros e pequenos negócios em SC.

Segundo o diretor Executivo, 65,22% dos créditos do primeiro semestre de 2015 foram para a atividade de Serviços; 29,69% para o Comércio; 3,19% para a Produção e 1,90% para o Rural. A maioria dos clientes têm instrução entre 1º grau (44,98%) e 2º grau (46,07%).

Atualmente, além da Matriz em Blumenau, a BluSol conta com 12 unidades espalhadas pelo Vale do Itajaí, Norte catarinense e Grande Florianópolis, situadas nos municípios de Blumenau, Brusque, Gaspar, Indaial, Ascurra, Navegantes, Rio do Sul, Ibirama, Jaraguá do Sul, Joinville e São José.

 

Galeria Orbitato recebe exposição “Reflexos” de Sônia Pinheiro Heuer

(Karina Beatrice Frainer / Estilo Comunicação Integrada)

Projeções nas vitrines do mundo. Tema das obras da exposição "Reflexos", aberta na Galeria Orbitato (Flora Refosco / Orbitato)

Projeções nas vitrines do mundo. Tema das obras da exposição “Reflexos”, de Sonia Pinheiro Heuer, aberta na Galeria Orbitato (Flora Refosco / Orbitato)

Na última sexta-feira (14/08) a Galeria Orbitato do Instituto Orbitato em Pomerode, realizou abertura da exposição intitulada Reflexos, da fotógrafa blumenauense Sônia Pinheiro Heuer. Atualmente a artista mora em Gaspar e Pomerode.

Na exposição, a fotógrafa traz imagens manequins e vitrines de lojas de Amsterdam (HOL), Antuérpia (BEL), Berlim (ALE), Bruxelas (BEL), Londres (ING) e Roterdã (HOL), misturados a cenários urbanos, moda e natureza. As imagens foram feitas durante a viagem realizada pela Europa em 2014Minha inspiração foi exatamente o ponto de vista, não apenas o olhar voltado para uma peça de roupa ou a manequim exposta na vitrine, mas sim a composição do que está em volta, do que se espelha sem que muitas vezes possamos perceber, diz a artista.

Sônia afirma que sempre gostou de fotografar, mas somente agora acredita estar madura para atuar na área e ter mais tempo para ver o mundo com outros olhos. Gosto de todos os meus trabalhos, principalmente quando obtenho bons resultados, seja de uma imagem de flor, do mar, formas arquitetônicas. Sou fascinada pelo design. Exponho Reflexos pois acredito que é uma linguagem bem contemporânea do meu trabalho.

As obras em exposição no interior da Galeria Orbitato. Ponto de vista além do produto da vitrine foi a inspiração da artista (Flora Refosco/Orbitato)

As obras em exposição no interior da Galeria Orbitato. Ponto de vista além do produto da vitrine foi a inspiração da artista (Flora Refosco/Orbitato)

A exposição segue até o dia 19 de setembro e esta aberta ao público de terça-feira a sábado, das 9h às 18h. Ainda sem data definida, a Galeria fará um bate papo com a artista e a comunidade para falar sobre a exposição e os demais trabalhos que Sônia já desenvolveu. Reflexos é intrigante para quem vê num primeiro momento, pois não são imagens trabalhadas. Este processo é o que intriga, pois num primeiro olhar o expectador tem a impressão de que são imagens trabalhadas no computador e sobrepostas, diz a artista.

O que: Exposição “Reflexos” da artista Sônia Pinheiro Heuer
Quando: De 14 de agosto à 19 de setembro
Horário: De terça-feira a sábado das 9h às 18h
Local: Galeria Orbitato (Instituto Orbitato) Rua XV de Novembro, 426, Pomerode, SC.

 

Brandili: Canal de comunicação diferenciado leva descontração ao ambiente de trabalho

(Camila Tibes / Oficina das Palavras)

Papo de mulher 16_Julho

(Divulgação / Brandili / Oficina)

A comunicação interna é um dos pontos fundamentais dentro de uma empresa. Mais do que disseminar informações, ela ajuda a melhorar o desempenho corporativo quando atenta às necessidades da equipe. Ferramentas cada vez mais diferenciadas e com foco no macroambiente estão sendo utilizadas por grandes organizações para se aproximarem do colaborador.

Dentre várias estratégias, a Brandili, uma das maiores indústrias brasileiras quando se fala em vestuário infantil, aposta nos informativos Papo de Mulher e Papo de Homem para estreitar esse relacionamento. Trata-se de um canal de comunicação que passa mensagens de caráter educativo e com conteúdo mais leve e descontraído para o dia a dia dos mais de 1,5 mil colaboradores.

Lançado há um ano, o programa busca atender necessidades específicas do público feminino e masculino que vão além da empresa. A edição mensal do Papo de Mulher / Papo de Homem, é fixada nos banheiros e traz assuntos do universo da mulher e do homem, com temas sugeridos pelos próprios funcionários, que participam ativamente com ideias. Para mulheres, os temas variam de receitas de bolo e dicas de maquiagem até lições de autoestima, já para os homens, o esporte domina.

informativo_homem_ed10

(Divulgação / Brandili / Oficina)

A coordenadora de Comunicação da Brandili, Andressa Furman Marchiorato, conta que algumas edições valem para ambos, como por exemplo, cuidados com a saúde, dicas de bem-estar e de leitura, orientações sobre educação dos filhos, brincadeiras em família e segurança no trânsito. 

A linguagem simples e o jeito informal de comunicar geram proximidade. É uma ação de baixíssimo custo e que tem um impacto bastante positivo na forma com a qual a empresa se comunica com os funcionários. Os colaboradores, especialmente as mulheres, levam para casa, e constantemente precisamos repor o material, impresso em formato A4 colorido, com layout atrativo, explica.

Deixe uma resposta