Gramming & Marbles: Lotação de 1989 e Kyalami, 1982

(André Bonomini & Douglas Sardo)

1989 – O Ano da lotação máxima

(André Bonomini)

Já se vão longe os tempos que a F1 largava em 26 carros em várias corridas (no início dos anos 80, alguns GPs como Mônaco tinham grid limitado a 20 carros). Uma vastidão de times e carros que rechearam as temporadas de histórias, das mais inusitadas as mais fabulosas que até hoje permeiam a memória dos saudosos da categoria, desejosos por mais emoção.

Se nem o império dos turbo impediu que times menores embarcassem nesta nau, o despedir dela permitiu que a temporada de 1989 – lembrada famigeradamente pelo cume infame da rivalidade Senna X Prost – registrasse um número de pilotos participantes que até hoje, olhando-se de fora, impressiona o incauto. Nos números finais, 39 pilotos em 20 equipes. Chocante, não? Isto se compararmos a dificuldade de se competir de forma artesanal nos nossos tempos.

Continuar lendo

Videotape n’A Boina nº15 – Assuste-se com Historietas Assombradas (Para Crianças Malcriadas)

Assombração animada made in Brazil! Eis Historietas Assombradas (Para Crianças Malcriadas), um dos recentes sucessos do Cartoon Network no Brasil (Reprodução)

Assombração animada made in Brazil! Eis Historietas Assombradas (Para Crianças Malcriadas), um dos recentes sucessos do Cartoon Network no Brasil (Reprodução)

(Lucas “Luke” Baldin)

Hello, Videotapers! Tudo bem com vocês?

Nesta edição venho a trazer uma dica de um cartoon brasileiro: Historietas Assombradas (Para Crianças Malcriadas). O desenho nacional exibido desde 2013 pelo Cartoon Network do Brasil foi criado por Victor-Hugo Borges. No show Pepe é um tipico garoto de 11 anos preguiçoso que adora tomar atalhos para conseguir o que ele quer, mora com , (logicamente) sua avó, que é quem salva Pepe das burradas que ele apronta. A doce e ingênua Marilu, a melhor amiga do Pepe, é quem sempre acaba caindo na trapalhada sem querer.

O universo do desenho é um tanto quanto dark, trabalha com lendas urbanas, folclore e criaturas que são responsáveis por meter medo nas crianças. Mas, o legal do desenho é que tudo é elaborado de forma tranquila. Geralmente os personagens e as histórias tem rumos bizarros (falando pelo bom sentido). Tem gêmeos siameses, loira do banheiro e até o diabo faz ponta na história. Para as crianças mais grandes e até para os adultos é uma ótima pedida.

Continuar lendo

Gastronomia e Crianças: A brincadeira de “Comidinha” para meninas… e meninos!

Acabou essa história de dizer que brincar de "comidinha" é coisa de menina. A tendência trazida pelos programas de culinária na TV pede ousadias. Como a da Calesita, ao lançar uma cozinha de brinquedo unissex (Reprodução / Calesita / Oficina)

Acabou essa história de dizer que brincar de comidinha é coisa de menina. A tendência trazida pelos programas de culinária na TV pede ousadias. Como a da Calesita, ao lançar uma cozinha de brinquedo unissex (Reprodução / Calesita / Oficina)

(Tamires Kardauke / Oficina das Palavras)

Quem disse que carrinho é brinquedo de menino e boneca de menina?

Já faz um tempo que esse conceito foi desmistificado, afinal, homens e mulheres já desempenham o mesmo papel em inúmeras atividades e, para as crianças, o que importa mesmo é a diversão. Um exemplo disso é a gastronomia, que deixou de ser uma tarefa ou lazer só para mulheres.

Cada vez mais, as crianças estão mergulhadas nesse ambiente, seja ajudando os pais ou brincando. Uma prova disso é o crescimento dos programas culinários envolvendo os pequenos e que serviu de inspiração para a Calesita Brinquedos criar uma cozinha unissex. A Cozinha Riva Mr. Chef.

Continuar lendo

Otite: Especialista alerta sobre cuidados com o ouvido

(Tamiris Schlegel / Presse Comunicação Empresarial)

(Reprodução)

Mergulhos em lugares refrescantes são uma tentação para as crianças. Mas atenção, nelas podem estar escondendo um risco de infecção auditiva muito corriqueira: A Otite (Reprodução)

Nas últimas semanas, o verão tem privilegiado as pessoas com céu azul, sol e muito calor, dias típicos da estação. Dias estes que se tornam ainda mais convidativos para dar aquele mergulho em lugares refrescantes. Em Blumenau, a otorrinolaringologista do Hospital Dia do Pulmão (HDP), Mariana Schmidt Kreibich, alerta para cuidados contra infecção no ouvido, a Otite. Segundo a doutora, banhos de mar, piscina, entre outros lugares, são fatores predisponentes da afecção, o que torna otite um caso comum nesta época do ano.

A otite externa é caracterizada pela inflamação e infecção aguda do conduto auditivo externo. O quadro clínico é caracterizado por dor de ouvido que pode ser intensa, coceira local, sensação de ouvido tampado, saída de secreção pelos ouvidos e até perda auditiva temporária, explica Kreibich. Mas atenção com as crianças, dependendo da idade, elas não saberão descrever. Neste caso, elas podem esfregar ou coçar as orelhas para aliviar.

Continuar lendo

Super 8 – Kodak volta ao tempo e revive revolução da filmagem

Eis a nova Super 8. Kodak revive a revolução na arte cinematográfica com releitura do grande sucesso, para uma nova geração de aventureiros do cinema (Meio Bit)

Eis a nova Super 8. Kodak revive a revolução na arte cinematográfica com releitura do grande sucesso, para uma nova geração de aventureiros do cinema (Meio Bit)

O saudosismo na tecnologia está mesmo em voga. Nem bem a Panasonic anunciou a volta da marca Technics em toca-discos e em todos os equipamentos de áudio da marca nipônica, a Kodak resolveu entrar na onda retro e reviver uma das maiores revoluções, seja na filmagem caseira ou nas pequenas produções independentes. Foi anunciada na Consumer Eletronics Show (CES) 2016, promovido na segunda semana do ano em Las Vegas, que a histórica marca de George Eastman relançou a clássica filmadora Super 8, responsável por dinamizar a filmagem cinematográfica a outro nível.

Sucesso do passado em famílias de posse e para produtores com pouca grana para produções, a Super 8 foi lançada em 1965, representando um avanço de qualidade nos filmes de oito milimetros (8mm). Com o produto, qualquer um poderia se tornar uma espécie de diretor de filme e, com um pouco de inventividade, produzir verdadeiras obras em celuloide, desde filmes caseiros familiares a películas independentes. É este mesmo nicho – o dos futuros cineastas – que a Kodak pretende atingir com a nova Super 8.

Veja o site especial da Super 8 (em inglês)

Continuar lendo

Sorvete: Como identificar uma delícia gelada de qualidade?

(Letícia Oberger / Oficina das Palavras)

sorvete

(Reprodução)

Os dias de calor intenso são um convite para apreciar a sobremesa gelada mais apreciada no mundo. Quem consegue resistir ao sorvete? É difícil, mas também é preciso estar atento para garantir um produto de qualidade.

Poucos sabem, mas existem diversos detalhes que devem ser observados antes da compra e também alguns cuidados que devem ser tomados no armazenamento em casa. Tudo isso faz parte de um processo para garantir que o produto permaneça cremoso como saiu de fábrica. O engenheiro químico da Paviloche, Michel Tramontin, dá algumas dicas:

Continuar lendo