Olho Embutidos: A aposta na tradição para conquistar mercado nacional

De uma marca falida para um grande sucesso: A Olho Embutidos começa a olhar para fora do cercado pomerodense, apostando na boa e velha tradição para atrair consumidores pelo país (Reprodução)

De uma marca falida para um grande sucesso: A Olho Embutidos começa a olhar para fora do cercado pomerodense, apostando na boa e velha tradição para atrair consumidores pelo país (Reprodução)

(Letícia Oberger / Oficina das Palavras)

Na década de 40, Rolf Konell Jr. nem era nascido, mas a história com a Olho Embutidos e Defumados (então Weege Indústria Alimentícia) ganhava as primeiras linhas, já que os seus avós eram empregados da empresa, algo normal entre as tradicionais famílias daqueles tempos…

Em 2006, Konell Jr. e o sócio Luiz Antônio Bergamo se uniram para reestruturar a antiga marca pomerodense e o conhecimento administrativo de um, aliado à formação e às experiências profissionais do outro, fez com que a Olho crescesse 400% em pontos de venda na última década, passando de 149 para 747. Em 2015, o faturamento da empresa reforçou esse crescimento, chegando a 24%.

Linguiça Blumenau: O carro-chefe da Olho que a leva a conquistar novos mercados Brasil afora (Reprodução / Oficina)

Linguiça Blumenau: O carro-chefe da Olho que a leva a conquistar novos mercados Brasil afora (Reprodução / Oficina)

A aposta no agronegócio catarinense e à abertura do mercado interno para as pequenas empresas fez com que os sócios adquirissem a marca da massa falida Olho Embutidos e Defumados e uma empresa com estrutura física deficiente, com baixa cartela de clientes e apenas quatro funcionários. A introdução de novos produtos auxiliou este processo, mas a gourmetização da Linguiça Blumenau foi o que realmente fez a empresa crescer. Ainda hoje, ela é o nosso carro chefe, pois corresponde a 70% da nossa receita, avalia Rolf.

Para manter o crescimento, que deve chegar a 20% este ano, eles contam hoje com 22 colaboradores, estudam ampliar o mix de produtos e manter o Selo do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI), que atesta a qualidade e os cuidados na produção e é considerado uma das maiores conquistas destes 10 anos de atuação. Fomos a primeira empresa do ramo de embutidos a conquistar este selo no estado de Santa Catarina e nossa meta é seguir como referência em produtos artesanais, levando à mesa do consumidor o sabor do passado com a tecnologia do presente, pontua Luiz.

Uma dedicada equipe de 42 colaboradores apostos para os novos desafios de Konell Jr. e Bergamo em novos mercados (Reprodução / Oficina)

Uma dedicada equipe de 22 colaboradores apostos para os novos desafios de Konell Jr. e Bergamo em novos mercados (Reprodução / Oficina)

Deixe uma resposta