Videotape n’A Boina nº22 – O improvável em Pronto Socorro: Histórias de Emergência

Tá aí, o cara que teve o olho "pendurado". Forte a cena não é, o efeito é delicado e dá pra perceber que o olho é fake. Não tem desculpa pra sair da sala ou trocar de canal com Pronto Socorro: Histórias de Emergência, no Discovery (Reprodução / TV)

Tá aí, o cara que teve o olho “pendurado”. Forte a cena não é, o efeito é delicado e dá pra perceber que o olho é fake. Não tem desculpa pra sair da sala ou trocar de canal com Pronto Socorro: Histórias de Emergência, no Discovery (Reprodução / TV)

(Lucas “Luke” Baldin)

Hello, Videotapers! Como vão vocês?

Eu vou bem, obrigado por perguntar e se não perguntou está respondido!

Bem, quisera eu nessa edição detonar e soltar os cachorros sobre essa situação vergonhosa que o país está passando… Mas não é essa minha função aqui, certo? Por isso, Esse canto é o espaço para esquecermos os problemas, soltarmos as meméias e curtir o sabadão que virou dia de Videotape aqui n’A BOINA.

Bem, sem mais delongas hoje o VT é para os fortes, vou falar de um programa que eu curto muito: Pronto Socorro: Histórias de Emergência. Ele passa no Discovery Channel durante a semana e tem maratona de três episódios a partir das 21h30 aos sábados.

O programa retrata casos fora do comum que aconteceram nos setores de pronto atendimento em hospitais dos EUA. Os casos são reconstituições e alguns deles são contados pelos médicos e pacientes que vivenciaram as situações. Na série são retratados mais ou menos três situações por episódio. Eu classifico da seguinte maneira: uma situação forte, uma situação forte/mediana e uma situação leve (às vezes puxando para o inusitado).

Não dá tempo de sentir "nojinho", o programa é interessante e te prende do começo ao fim. Você até se sente um dos pacientes ansioso pela resolução dos casos (Reprodução)

Não dá tempo de sentir “nojinho”, o programa é interessante e te prende do começo ao fim. Você até se sente um dos pacientes ansioso pela resolução dos casos (Reprodução)

Em PS você situações voltadas para situações extraordinárias que tiveram desfechos heroicos. Realmente, até onde eu acompanhei todos os casos tiveram um final feliz. Na série são mostrado casos como, por exemplo, de um cara que teve seu rosto perfurado por um pedaço de galho de árvore, um rapaz de que teve um de seus olhos saltados do rosto, uma menina que se encheu de espinhos, um homem que teve um supositório preso no… enfim… lá na saída dos fundos e por aí vai. Não se tratam de ocorrências corriqueiras do dia a dia, se fosse por isso era apenas ir a uma sala de emergência e ficar observando o vai e vem.

No programa são situações complexas, geralmente acompanhadas de explicações bem interessantes fugindo de uma linguagem complicada e técnica de mais. As dramatizações são bem legais, na maioria das vezes são realmente os próprios médicos que dramatizam o caso. Tudo bem que as vezes as cenas são caricatas de mais, de qualquer forma é super válido assistir o programa. Agrega conteúdo e sempre é possível tirar alguma dica pro dia a dia.

Opinião do patrão: Cenas neste porte tem sido o grande mote do Discovery Channel, principal canal da rede no ar desde 1985 e que traz atrações a vários segmentos de publico em mais de 15 canais diferentes, sempre com alta qualidade e conteúdo saudável, surpreendente e, por que não, até educativo (Reprodução)

Opinião do patrão: Cenas neste porte tem sido o grande mote do Discovery Channel, principal canal da rede no ar desde 1985 e que traz atrações a vários segmentos de publico em mais de 15 canais diferentes, sempre com alta qualidade e conteúdo saudável, surpreendente e, por que não, até educativo (Reprodução)

Assista a um dos episódios de PS: Histórias de Emergência (Algumas cenas são fortes. Recomenda-se cautela ao telespectador!):

Por hoje é isso, Chuchuzinhos! Tio Luke fica por aqui, vou pegar minha pipoca e assistir Pronto socorro (risos)!

Quer ver algum tema dissecado e apresentado por mim aqui no VT? comenta aí ou fala comigo pelas redes sociais, lá no Facebook ou no Instagram.

Até semana que vem! Luke para A BOINA encerrando a transmissão. Hasta luego!

Deixe uma resposta