Cooper: Obras iniciadas para a filial Vila Nova (Blumenau)

(Reprodução / New Age)

A filial Vila Nova-Blumenau da Cooper, na famosa esquina entre a Almirante Barroso e a Benjamin Constant. A 14º loja começa a nascer no local e terá inúmeros atrativos para os consumidores daquela região, há algum tempo carentes de um supermercado maior e mais próximo da casa (Reprodução / New Age)

(Marli Rudnik / New Age Comunicação)

A Cooper (Cooperativa de Produção e Abastecimento do Vale do Itajaí) está iniciando as obras de construção da 14ª filial da rede, esta localizada no bairro Vila Nova, em Blumenau. Os trabalhos começaram com a demolição de edificações antigas e limpeza da área. O empreendimento terá 13,6 mil metros quadrados construídos, com 2.490 metros quadrados de área de vendas, sendo o projeto foi concebido em modernos conceitos de conforto, acessibilidade e sustentabilidade, o que representa o fortalecimento do cooperativismo na região.

O presidente do Conselho de Administração da Cooper, Hercílio Schmitt, afirma que este lançamento cumpre o compromisso da cooperativa com os cooperados e a comunidade, que há tempos esperam pela nova filial. A obra está alinhada ao Plano Estratégico de longo prazo da Cooper, que prevê, além da implantação da Filial Vila Nova, a construção de uma loja em Timbó, onde pretendemos encaminhar a aprovação de projetos ainda em 2016, diz.

Mini Preço Blumenau (2)

O antigo Mini Preço, já fechado, adquirido em leilão pela Cooper em 2011. Antiga loja da rede itajaiense da família Sandri (que ainda tinha o Vitória), foi a ruína nos meados da década de 2000, No mesmo local, anteriormente, o Sesi mantinha uma das lojas da rede de supermercados que possuía até 1997 e ainda era a dona do prédio até a venda para a Cooper (Jaime Batista)

Para implantar a Filial Vila Nova-Blumenau, a Cooper adquiriu em leilão o imóvel que já abrigou os supermercados Sesi e Mini Preço, ao qual incorporou mais uma área comprada de particulares. Com isso, dispõe de um terreno de 6.446,28 metros quadrados na esquina das ruas Almirante Barroso e Benjamin Constant, onde será construído o empreendimento.

O presidente executivo, Osnildo Maçaneiro, explica que a futura loja em Blumenau seguirá os mais modernos conceitos de arquitetura e serviço do varejo alimentar, com área de açougue, frios, mercearia, adega, hortifrutigranjeiros, eletros e bazar, entre outros. Mas além da estrutura física e das tecnologias, a nossa preocupação, como em toda a rede, será com o bem servir, oferecendo atendimento diferenciado, com profissionais qualificados e motivados nos valores e princípios cooperativistas, destaca Maçaneiro.

Por dentro da nova Cooper

Entre as comodidades, a Filial Vila Nova contará com uma unidade da Padaria e Confeitaria Sabor & Delícia, oferecendo produtos de qualidade e fresquinhos, além da Farmácia Cooper e outras operações. Uma sala do Cooper Pratic, com estrutura de cozinha gourmet, abrigará cursos e palestras dos programas sociais e educativos da cooperativa.

A Cooper Garcia, uma das últimas inauguradas pela rede e maior de todas, com 21 mil metros quadrados. Unidade da Vila Nova será 7400 metros quadrados menor, mas com o mesmo potencial (Reprodução)

A Cooper Garcia, uma das últimas inauguradas pela rede e maior de todas, com 21 mil metros quadrados. Unidade da Vila Nova será cerca de 7400 metros quadrados menor, mas com o mesmo potencial (Reprodução)

O projeto segue os padrões de acessibilidade, contando com elevador social e esteira rolante para acesso à loja. Sanitários adaptados, corredores largos, vagas preferenciais próximas à porta e reestruturação das calçadas no entorno foram pensados para garantir maior conforto de todos.

A preocupação com a sustentabilidade está presente desde a construção, que adota sistemas industrializados, gerando economia de recursos e redução de desperdícios. O prédio contará com sistema de coleta, tanto da água da chuva como dos condensadores de ar-condicionado, para reuso em instalações sanitárias e limpeza. A arquitetura e os materiais de acabamento favorecem o aproveitamento da luz natural e, para melhor desempenho energético, a iluminação artificial será com lâmpadas de LED.

cooperNo sistema de refrigeração de produtos (câmeras frias e balcões de congelados), a Cooper adotará, como em outras filiais, equipamentos modernos, que utilizam gases menos nocivos ao ambiente. Os expositores verticais fechados são outro recurso para contribuir com a redução do consumo energético. A Cooper terá gerador próprio de energia, garantindo a continuidade do atendimento, mesmo em caso de desabastecimento.

O mesmo padrão de conforto e qualidade conferido pelos cooperados e clientes na área de vendas estará disponível na retaguarda. A área de recebimento e armazenagem de mercadorias será ampla e dotada de estrutura para facilitar a carga e descarga, a exemplo de elevador de serviço e monta carga. Os colaboradores terão à disposição, sanitários e vestiários modernos, refeitório amplo e equipado com geladeiras, micro-ondas e TV, sala de reuniões e um espaço de convivência e descanso.

Ficha Técnica:

Área do terreno: 6.446,28m²
Área construída: 13.640,39m²
Área de vendas: 2.490m²
Número de caixas: 20, sendo 8 caixas rápidos
Estacionamento: Vagas rotativas cobertas, sendo 225 carros, 20 motos e 25 bicicletas
Serviços: Farmácia Cooper, Padaria e Confetaria Sabor & Delícia e lojas de apoio

Deixe uma resposta