Videotape n’A Boina nº23 – “Nos Bastidores”, um lançamento do Videotape

Essa é a logo mais linda que eu já vi (risos). Dá um baita orgulho falar de um projeto que eu mesmo criei, fica comigo e descubra como a ideia nasceu (Arquivo / VTCAPA)

Essa é a logo mais linda que eu já vi (risos). Dá um baita orgulho falar de um projeto que eu mesmo criei, fica comigo e descubra como a ideia nasceu (Arquivo / VTCAPA)

(Lucas “Luke” Baldin)

Hello, Videotapers! Tudo bem com vocês? Eu estou bem, obrigado por perguntar e se não perguntou está respondido…

O tema do VT dessa semana é… O Videotape! Não, não é falta de assunto. Quinta passada (24/03) eu re-estreei o canal no Youtube (que derivou no ano passado esta coluna aqui n’A BOINA). Já como tem vídeo novo no canal e alegria por isso é grande, vou usar deste mimoso espaço (como diria o querido patrão, André) para vender o meu peixe. Por que não? (risos)

O Videotape é um canal do Youtube criado por mim e um colega em março de 2014 (não vem ao caso o nome do vivente, mas não, não briguei com ele, pelo contrário, ele é um bom colega e gosto bastante dele). Enfim, o projeto era para ser uma continuação do canal Colmeia Nerd, cujo co-apresentei a edição de TV e comandei a versão de web em 2013. O Colmeia perdeu força e acabou no começo de 2014. Como meu colega queria praticar a edição e a apresentação pensei em criar um canal só para a gente, onde poderia falarmos do quiséssemos. Nascia então o Videotape, um canal que teria de tudo um pouco.

 Eu estava novinho nessa foto. Aos meus 18 anos consegui uma oportunidade de experimentar como era ser apresentador e foi bem divertido. Descobri o gosto e o desgosto do showbusiness local, bota local nisso (risos). De qualquer maneira, esse foi o estalo para eu perceber que o Youtube poderia ser uma boa empreitada (Arquivo Pessoal)

Eu estava novinho nessa foto. Aos meus 18 anos consegui uma oportunidade de experimentar como era ser apresentador e foi bem divertido. Descobri o gosto e o desgosto do show business local, e bota local nisso! (risos). De qualquer maneira, esse foi o estalo para eu perceber que o Youtube poderia ser uma boa empreitada (Arquivo Pessoal)

Acontece que ele veio com aquela desculpinha de não tenho tempo, desculpa, cara, então assumi a frente do projeto. Eu escolhi o nome, pensei em como eu queria as coisas e continuei sozinho, estava tudo pronto para começar. Claro que com o orçamento curto eu tive e tenho que fazer das tripas coração. Eu tinha (e ainda tenho) muitas idéias de programas: música, lifestyle, viagens e por aí vai. Mas reduzi tudo a falar de cinema, que era uma coisa que eu já fazia no Colmeia Nerd. Porém, em vez de falar noticias eu criaria conteúdo de gaveta, ou seja, vídeos que tem a validade estendida.

Eu queria mais apresentadores além de mim, mas não tive sucesso na busca. Como ninguém sabia o formato da coisa, nem mesmo eu, a coisa complicou um pouco.
Em julho eu gravei, em agosto eu editei e em setembro eu lancei. Eu tinha a agenda cheia na época e escrever roteiro, editar, criar artes e fazer a divulgação era puxadinho. Eu não me preparei direito e o Videotape entrou em uma pausa quase eterna (para quem esperava novas edições). Eis que o projeto não morreu totalmente. Em outubro do ano passado fui ao cinema conferir qual era a do filme Vai que Cola. Me bateu uma vontade de falar sobre o que vi na projeção, o que era pra ser apenas uma passagem se tornou uma participação semanal aqui n’A BOINA.

Essa é a arte de divulgação no Facebook para o vídeo lançado nesta quinta, 24. Por falar nisso, você já curtiu a página no Facebook (facebook.com/canalvideotape)? (Arquivo)

Essa é a arte de divulgação no Facebook para o vídeo lançado nesta quinta, 24. Por falar nisso, você já curtiu a página no Facebook (facebook.com/canalvideotape)? (Arquivo)

Mas a vontade de fazer Youtube não tinha acabado, era apenas temor de não dar conta e acabar como a primeira tentativa. Dois anos de espera valeram a pena. Eu amadureci, tive novas ideias de pautas, melhor preparação em questão de agenda e tcharaam! O canal que era pra ter a re-estréia na semana que vem acabou de última hora lançando o vídeo ontem. E vai ser assim daqui pra frente. Quinta é dia de Nos Bastidores, onde vou contar curiosidades do mundo cinematográfico e televisivo. Tem programa novo no forno e convido você a assistir quando sair quentinho.

Ainda meio tímido, nesta primeira edição (resetada) falo sobre as mentirinhas que o cinema conta. É possível atravessar uma superfície de vidro sem se machucar ou sair andando de uma explosão sem ferimentos? E quem paga os prejuízos causados por uma luta de heróis? Descubra em Nos Bastidores! convido você a assistir e… assim… se gostar se inscrever no canal para curtir os novos vídeos que vão vir.

(Palavra do patrão) Alias, sem mais delongas e esticamentos… vamos ver este primeiro do canal do jovem Lucas, nosso amigo em A BOINA! Alias, sempre que sair vídeo no Videotape, ele estará em destaque aqui nos VT n’A BOINA toda semana! Independente se o assunto não casar com a postagem regular.

Sem mais, vamos a produção. Coisa de qualidade!

Galerinha linda, por hoje é isso. Quer mais Videotape? Então se liga no Canal no Youtube, toda quinta (a partir de ontem) estarei por lá falando de cinema e TV.

Um abraço forte e até semana que vem com mais VT n’A BOINA.

Luke para A BOINA encerrando a transmissão!

Deixe uma resposta