Videotape n’A Boina nº26 – Bem vindo ao Incrível Mundo de Gumball

Preparem-se para um clima mais juvenil hoje. Não é o lindo do Clarêncio, mas sim Gumball, um dos desenhos mais hilários que já passou pelo Cartooon Network (Reprodução / CN)

Preparem-se para um clima mais juvenil hoje. Não é o lindo do Clarêncio, mas sim Gumball, um dos desenhos mais hilários que já passou pelo Cartooon Network (Reprodução / CN)

(Lucas “Luke” Baldin)

Hello, Videotapers! Tudo bem com vocês?

Quando eu detonei, no VT nº20, a série animada do Cartoon Network Titio Avô, havia falado sobre comentar o desenho O Incrível Mundo De Gumball… E é isso que farei hoje aqui n’A BOINA.

Sejam bem vindos ao meu espaço, achem um canto massa pra sentar, peguem a pipoca, o copão de refri e vem comigo. Vamos adentrar ao mundo de Gumball. A série (que até a terceira temporada) contava as inocentes aventuras de Gumball Watterson e seu peixinho de estimação/irmão Darwin.

O programa, que começou em 2011, ainda continua com episódios inéditos, mas não tenho certeza por que parei de assistir quando a quarta fase do show entrou no ar. Por que? Por que não gostei do dublador que colocaram pra substituir o menino que deu voz nas primeiras três temporadas do IMG. Fora que a ideia do programa mudou e eu não curti muito a pegada.

A imaginação das crianças fala mais alto. A primeira paquera. E as aventuras no quintal de casa. Não tem como fazer cara feia para O Incrível Mundo de Gumball. Até quem é mais adulto acaba gostando. Segue uma linha diferente de Hora de Aventura, as primeiras temporadas chegam próximo do que é Clarêncio, O Otimista (Reprodução / CN)

A imaginação das crianças fala mais alto. A primeira paquera. E as aventuras no quintal de casa. Não tem como fazer cara feia para O Incrível Mundo de Gumball. Até quem é mais adulto acaba gostando. Segue uma linha diferente de Hora de Aventura, as primeiras temporadas chegam próximo do que é Clarêncio, O Otimista (Reprodução / CN)

Amazing World Of Gumball (título original pra não repetir de mais o nome em português do desenho, regrinhas do jornalismo (risos)), conta as aventuras de Gumball Watterson, um menino-gato azul de uns 11 ou 12 anos de idade que mora com a sua mãe competitiva e lider nata Nicole e o seu pai pateta e infantil Ricardo. Sua irmã mais nova, Anais, é o cérebro da casa. Junto de Darwin, o peixinho de estimação que ganhou pernas e foi adotado pela família Watterson. Sacaram o trocadilho? O animal que evoluiu e tem comportamentos humanosDarwin…. Teoria da evolução… Captaram?

Eu me estrago de rir com o desenho (entende-se nesse texto a fase que eu acompanhei) porque assim como Clarêncio (<3), o programa segue uma linha pastelão. E no fim é divertido. Ciume do melhor amigo ter outro amigo… Querer ser responsável o suficiente pra cuidar e servir de exemplo pra irmã mais nova… Fazer birra e planos mirabolantes pra conseguir doces na ida ao mercado com a mamis… Quem nunca? É esse universo gostoso da infância que o desenho abordou até os personagens começarem a amadurecer.

A vizinhança pirada, os professores malucos e as aventuras que toda criança já passou ou sonhou por passar. É isso que encontramos ao desbravar o Incrível Mundo de Gumball (Reprodução / CN)

A vizinhança pirada, os professores malucos e as aventuras que toda criança já passou ou sonhou por passar. É isso que encontramos ao desbravar o Incrível Mundo de Gumball (Reprodução / CN)

Gosto dos gritos de criança dos protagonistas. Das idéias de jerico que os personagens tem pra solucionar os problemas. E também adoro como Gumball e Darwin fazem confusão quando sabem que vai dar chabu. O desenho tomou um rumo desnê tentando ser algo como Hora de Aventura a partir da quarta temporada. Histórias que eram normais se tornaram psicodélicas a lá Finn e Jake. Desde então parei de assistir e quando reprisa um dos episódios antigos daí sim eu paro pra assistir.

Assista um dos meus episódios favoritos (sempre com um título em uma única palavra. Neste caso, A Flor):


NOS BASTIDORES:  As Piores Substituições da Televisão

Quinta feira foi dia de vídeo inédito no Canal Videotape. Nesta edição você confere as substituições frustradas das séries de tv.

Confira:

Gente linda, por hoje e isso, nesse clima de um desenhos que já fui viciado em assistir me despeço.

Até semana que vem!! Luke para A BOINA encerrando a transmissão!

Deixe uma resposta