Adeus professor Lingui… digo, Girafales: Morre Ruben Aguirre

Simpático, sorridente, cavalheiro e sempre pronto a ensinar o bom caminho da vida. Este era o professor Girafales, personagem máximo de Ruben Aguirre, que partiu nesta madrugada de sexta para a escola da eternindade Reprodução)

Simpático, sorridente, cavalheiro e sempre pronto a ensinar o bom caminho da vida. Este era o professor Girafales, personagem máximo de Ruben Aguirre, que partiu nesta madrugada de sexta para a escola da eternidade (Reprodução)

A sexta-feira começou triste para os fãs e apreciadores do sempre alegre seriado Chaves. Deixou a escolinha de nosso pensamento e lembranças, aos 82 anos e sempre sorrindo, o grande ator Ruben Aguirre, responsável por dar vida ao icônico Professor Girafales, aquele responsável por levar aos nossos amigos da vila o novo mundo, além de ser o único que amansava o temperamento da sempre esquentada Dona Florinda.

Nascido em Saltilio, no distante 1934, Aguirre era o mais alto entre os seus seis irmãos, com 1,96m. Era um garoto irrequieto e exemplar na escola e um verdadeiro faz-tudo, trabalhando em várias funções, de lavrador e narrador de touradas até alçar voos maiores e chegar a ser ator, diretor de TV e locutor. Profissional da televisão, trabalhava como sub-gerente de produção no Canal 8 mexicano e, aos fins de semana, como ator, juntamente com o velho parceiro Roberto Bolaños.

Uma das ultimas formações do Chaves, próxima da década de 90. Aguirre trabalhou com Bolaños desde o ínicio, em filmes e seriados, largando a vida de executivo de TV para viver como um grande ator Reprodução / IG)

Uma das ultimas formações do Chaves, próxima da década de 90. Aguirre trabalhou com Bolaños desde o ínicio, em filmes e seriados, largando a vida de executivo de TV para viver como um grande ator (Reprodução / IG)

A direção do canal não gostava da tal vida dupla de Aguirre e impôs que ele escolhesse entre ser executivo da TV ou ator. Para espanto da diretoria, Ruben bateu o pé e preferiu a vida de artista, partindo definitivamente para inúmeras parcerias com Bolaños, até chegar aos inesquecíveis programas do Chapolin e do Chaves.

Foi junto com Bolaños e na vila mais famosa do mundo que Aguirre conheceu a fama internacional e virou ícone na pele do alto e cavalheiresco professor Girafales. Sempre tentando ensinar novos conhecimentos e o caminho certo aos pequenos da vila, Girafales era um típico apaixonado mexicano, caindo de amores por Dona Florinda (Florinda Meza). As vezes calmo e cortês, Girafales perdia as estribeiras com as trapalhadas das crianças ou de Seu Madruga (Rámon Valdés), profanando o irritado ta ta ta ta ta… Ta! e se segurando para não tacar o caríssimo chapéu no chão.

Era um dos personagens mais queridos da série e que constantemente era lembrado pelo apelido infame de professor linguiça pela sua grande altura. Enumerar os melhores momentos de Aguirre na pele do simpático professor é quase impossível, e eles aumentavam quando encarnava mesmo o professor, ao receber na sala de aula Chaves e seus amigos para aulas de dar dores estomacais de tantas risadas.

No Chapolin, alternou-se entre vitimas e vilões, tendo se destacado, na opinião deste jornalista, em um esquete inesquecível: O do general alemão em O Pelotão de Fuzliamento.

Com o fim das produções de Chaves, em 1992, Aguirre produziu o programa solo de Chiquinha (Maria Antonieta de las Nieves), intitulado Aqui Está la Chilindrina, em 1994. Desde 1976 era também proprietário de um circo, mas tempos atrás havia se afastado dos palcos por simples vergonha do corpo. Estava gordo, até mais que o velho amigo Edgar Vivar, o Sr. Barriga. Havia ganhado peso por conta do uso prolongado de um medicamento para tratar um problema em uma das pernas há alguns anos.

Estava retirado e fazendo poucas aparições na TV, sendo sempre lembrado pela persona do querido professor. Foi o último dos personagens do Chaves entrevistado no Programa do Ratinho, no SBT, já com a saúde debilitada. Sofria de diabetes e pedia encarecidamente ajuda para os custeios médicos junto a Associação Nacional de Atores do México (ANDA). Apesar das dificuldades, buscava sempre sorrir numa vida simples, sem luxos mas cercada de amigos e lembranças de um bom tempo.

Infelizmente, as cortinas se fecharam definitivamente para Aguirre às 4h10 (Brasília), em notícia confirmada pela filha, Verônica Aguirre, e pelo amigo Edgar Vivar um pouco tempo depois. A causa-mortis: Complicações decorrentes de uma pneumonia.

Reprodução)

(Reprodução)

Se a vida não permitiu maiores luxos a Aguirre, ao menos permitiu que ele se eternizasse como um simples e cortês professor, dedicado a ensinar a todos na escola do riso e da arte. Famosos e fãs lembram hoje e sempre de quem eternamente será o mestre linguiça… Ou melhor, o grande professor Girafales, de tantas lembranças dentro e fora da escola da vida.

Descanse bem, querido professor (1934-2016)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s