Piracicabana veio e quer ficar: Abertos os envelopes da licitação do transporte coletivo

Chegam os envelopes. A Piracicabana, atual operadora do sistema emergencial do transporte coletivo, foi a única a apresentar proposta para a operação definitiva na cidade. Um ato que abre margem para interpretações variadas, mas que é preciso calma e raciocínio para não se tirar conclusões precipitadas (Michele Lamin / Secom PMB)

(Vídeo: Secom / Prefeitura de Blumenau) 

Quem tiver memória fresca – e nesse caso terá sem dúvida – vai recordar que há um ano e uma semana atrás o Consórcio SIGA desaparecia das ruas de Blumenau. Era o fim do contrato de concessão do transporte coletivo que, por tabela, limava dos terminais e pontos de ônibus as três empresas tradicionais do serviço na cidade (Glória, Rodovel e Verde Vale), bem como as incertezas sobre greves mensais, atrasos de pagamentos e problemas de funcionamento e qualidade.

Numa solução emergencial, pousava na cidade a Viação Piracicabana, empresa do Grupo Comporte e que chegava para assumir a missão árdua de tocar adiante o vai-e-vem de milhares de blumenauenses dependentes dos coletivos. Foram semanas de sufoco com a adaptação, horários reduzidos, ônibus quebrando e lotações sem precedentes, até que com o ajuste da frota e a manutenção quase constante a empresa paulista entrou nos eixos. E tem sido assim por um ano, entre críticas ferozes e esperanças de dias melhores.

Continuar lendo

Gramming & Marbles (F1): Os carros mais decepcionantes de sempre

A equipe se prepara: Dupla de pilotos, carro potencialmente bom e... a temporada é um show de horrores. A F1 viu algumas decepções doídas em 67 anos de história, e 15 delas estão em destaque nesta lista do G&M (Reprodução)

A equipe se prepara: Dupla de pilotos, carro potencialmente bom e… a temporada é um show de horrores. A F1 viu algumas decepções doídas em 67 anos de história, e 15 delas estão em destaque nesta lista do G&M (Reprodução)

(André Bonomini & Douglas Sardo | Part: Arlindo Silva)

O que mais dói para qualquer equipe de F1? Sem dúvida, perder uma vitória há poucas voltas do fim, lamentar a morte de um companheiro, ou até mesmo uma falência… São coisas que fazem parte do lado depressivo da vida de uma equipe do circo, independente se ela está na ponta ou no fundão do grid. No entanto, talvez uma dor tão implacável quanto qualquer outra neste universo seja o fato de uma equipe criar uma esperança com um carro novo, novos ares… E, de repente, as expectativas sumirem com o vento da velocidade dos outros competidores.

Em 67 anos de corridas, a F1 viu grandes promessas tornando-se realidade, mas também mordeu a língua com grandes expectativas – seja em carro ou piloto – caírem por terra a cada virada de curva. Só se falando em bólidos-promessa, a categoria está recheada de casos: De ideias revolucionárias furadas a otimismos exagerados. E as maiores vítimas deste mal, com toda a certeza, são os times de ponta. Acostumados a vencer e que, com um erro simples de rota, podem demorar a se recuperar no circo, ou simplesmente iniciarem um doloroso processo de decadência que culmine no fim.

Continuar lendo

SESI abre inscrições para Educação de Jovens e Adultos

Reprodução)

(Reprodução)

(Mariene Maluli / Presse Comunicação Empresarial)

O SESI Vale do Itajaí, entidade do Sistema FIESC, está com as inscrições abertas para Educação de Jovens e Adultos (EJA), modalidade de ensino destinada às pessoas que não tiveram a oportunidade de concluir a educação básica (ensino fundamental e médio) na idade correta e que desejam completá-la neste ano. Para os trabalhadores da indústria, o curso é gratuito. Para a comunidade em geral, basta consultar as unidades do SESI e verificar os valores especiais.

A iniciativa promove a elevação da escolaridade básica nos níveis fundamental e médio, um dos pilares do Movimento SC pela Educação. Todos têm possibilidade de concluir a educação básica, basta ter determinação e organização, afirma a diretora regional do SESI Vale do Itajaí, Dalila de Carvalho.

Continuar lendo

Videotape n’A Boina nº 54 – (Playlist do Luke) Sub unidades do K-pop

a-boina-logos2

(Lucas “Luke” Baldin)

Hello, videotapers! Tudo bem com vocês?

Mais um Playlist do Luke e vou continuar na linha K-pop. Hoje separei minhas Sub Unidades favoritas. Não conheço (ou escutei) muitas, mas as que eu mais gosto estão aqui.

Antes de tudo vamos esclarecer esse lance de Sub Unidades, ou sub grupos. São grupos dentro de grupos. Deu pra entender? Vamos mastigar melhor. As Sub Units são derivados de grupos. Por exemplo o consolidado Orange Caramel. Essa sub unidade vem do After School. Essa divisão do grupo tem uma proposta diferente da unidade principal, musicas mais infantis, vamos dizer assim, em comparação ao grupo oficial.

Enfim, esses derivados são criados com vários fins. Primeiro o lance de lucrar mais. Afinal, muitas vezes não trazem inovação nenhuma, mas a ideia é apresentar um conceito diferente ou então dar destaque a certos membros.

Continuar lendo

Zehn Bier exapande mercados e vai ao Paraná e sudeste

Novos mercados diante dos olhos: Zehn Bier segue de Brusque para o Brasil, agora conquistando campos no Paraná e em regiões de São Paulo, como Ribeirão Preto, conhecida também por suas cervejas Reprodução)

Novos mercados diante dos olhos: Zehn Bier segue de Brusque para o Brasil, agora conquistando campos no Paraná e em regiões de São Paulo, como Ribeirão Preto, conhecida também por suas cervejas Reprodução)

(Silvia Regina / New Age Comunicação)

O brasileiro é apaixonado por cerveja e considerado um dos maiores consumidores da bebida no mundo. De olho no crescimento do mercado para as cervejas artesanais, a Cervejaria Zehn Bier investiu no ano passado, cerca de R$ 700 mil em marketing, estruturação da área comercial, manutenção e reestruturação de equipamentos na fábrica e adequação à legislação.

A aposta acertada resultou em um crescimento de aproximadamente 40% em 2016, em relação às vendas do ano anterior. Para o novo ano, a cervejaria entrou com o pé direito ganhando o mercado nos Estados do Paraná e São Paulo. Nossos representantes iniciaram as vendas neste mês de janeiro nas principais cidades do Paraná e em São Paulo nas regiões da Grande SP, Campinas e Ribeirão Preto. Nossa estimativa inicial é de que SP deverá absorver cerca de 10 mil litros e o Paraná aproximadamente 6 mil, afirma o diretor comercial, Edson Bruning.

Continuar lendo

Karina Beatrice em A BOINA: O dia de uma mulher com TPM

(Reprodução)

(Reprodução)

(Karina Beatrice Frainer)

-Nossa, que dia mais quente já de manhã cedo! Não sei como tem gente que gosta do verão. Credo! A gente já levanta suada e não tem vontade de fazer nada. É bom para quem não precisa trabalhar e pode ficar na praia o dia todo. Esse não é o meu caso!

– Vamos lá para a corrida. Um pouco de exercícios vai me fazer bem. Como minhas pernas doem! Acho que não vou fazer o mesmo trajeto porque não vou aguentar. Aff, eu que prometi que faria cada semana mais. Só hoje mesmo que não estou muito legal. Esse vento na cara também ninguém merece. Eu nem consigo correr sem comer cabelo. Saco! As pessoas bem que poderiam parar de andar coladas, a gente nem consegue passar na calçada. Parece que é propriedade delas! Vou caminhar mais do que correr hoje. Muita dor aqui do lado. Devo estar respirando errado.

Continuar lendo