Salve o Verde: Gigantes da Ecologia lança jornal sobre meio ambiente e sustentabilidade

Gustavo Siqueira a esquerda) e demais convidados presentes no Painel do Instituto Gigantes da Ecologia, na Câmara de Vereadores. Nas mãos, o EcoJornal

Gustavo Siqueira a esquerda) e demais convidados presentes no Painel do Instituto Gigantes da Ecologia, na Câmara de Vereadores. Nas mãos, o EcoJornal, periódico bimestral voltado  a causa da sustentabilidade (Reprodução / New Age)

(Liliani Bento / New Age Comunicação)

O Instituto Gigantes da Ecologia (IGE) lançou na última sexta-feira, dia 10, na Câmara de Vereadores de Blumenau, a primeira edição do EcoJornal. Cerca de 200 pessoas participaram do evento, que contou com a presença de autoridades do meio ambiente, acadêmico e demais segmentos; e também homenageou personalidades da imprensa blumenauense.

O periódico será bimestral e apresentará apenas notícias voltadas ao desenvolvimento com sustentabilidade. O presidente do IGE, Gustavo Siqueira, explica que, apesar de tantos desmandos dos homens em prol do progresso, ainda há muitas pessoas lutando pela preservação do meio ambiente, por isso a necessidade de divulgar essas ações. Desejo que os projetos voltados para a natureza sirvam de exemplos para outras pessoas e instituições realizarem ações semelhantes. Nossos netos só terão ar e água potável se fizermos algo agora, declara.

Reprodução / New Age)

(Reprodução / New Age)

Além dos projetos ambientais, o IGE também é a instituição responsável pela edição do Prêmio Gigantes da Ecologia, que terá a terceira edição em junho deste ano, abordando temas fundamentais para o futuro de todas as espécies que estão no centro das discussões dos mais importantes fóruns, em nível mundial, sobre mudanças climáticas.

Na última edição do prêmio foi lançado o livro A água é o sangue da Terra, que, inclusive, ganhou, posteriormente, o destaque da Agência Nacional de Águas (ANA), do Ministério do Meio Ambiente, pela amplitude de seu teor e por sua vinculação com a educação. No primeiro prêmio foi lançado o livro Abraçando a Amazônia.

Fazem parte do planejamento do instituto para este ano: A edição de cartilhas para trabalhar demandas específicas e a realização de palestras, concursos e manifestações culturais, sempre com o escopo de sensibilizar os diversos atores sociais com relação ao uso racional dos recursos naturais, a necessidade urgente de preservação dos ecossistemas e o desenvolvimento sustentável.

Deixe uma resposta