Sintex: 65 anos ao lado da Indústria Têxtil

(Fernanda Momm / Presse Comunicação Empresarial)

sintex

(Reprodução)

Nesta sexta-feira (17), o Sintex – Sindicato das Indústrias de Fiação, Tecelagem e do Vestuário – completa 65 anos de realizações em defesa dos interesses do setor. A entidade reúne indústrias de grande representatividade no cenário nacional e, ao todo, representa cerca de 4,5 mil empresas, que empregam aproximadamente 60 mil trabalhadores diretos, em 18 municípios.

Tudo começou em 1951, quando foi criada em Blumenau (SC) a Associação Profissional da Indústria de Fiação e Tecelagem. Um ano depois, foi fundado o Sindicato das Indústrias de Fiação e Tecelagem, com o seu primeiro estatuto social. A Carta Sindical foi expedida pelo antigo Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio, em 15 de maio de 1953. Em 1989, o setor de vestuário passou a fazer parte do Sintex.

Ulrich Kuhn, presidente do Sintex (Reprodução)

Ulrich Kuhn, presidente do Sintex (Reprodução)

Muitos desafios foram enfrentados neste período, mas também registramos grandes conquistas, em uma história marcada pelo empreendedorismo e pela luta para a competitividade da indústria têxtil catarinense, destaca o presidente do Sintex, Ulrich Kuhn.

Sobre o cenário atual, a perspectiva é otimista. Na opinião de Kuhn, o pior já passou. Não há um entusiasmo desenfreado, mas, claramente, há um sinal de melhoria para o segmento têxtil e de vestuário, mesmo que em patamares menores, porém, com mais confiança, afirmou. Para o executivo, isso reflete o sentimento geral acerca da economia brasileira neste ano. Já dá para começarmos a olhar para frente, resume. A grande expectativa, de acordo com o presidente do Sintex, é que não ocorram fatos relevantes que venham a escurecer este cenário.

Conquistas

Sede do Sintex agora está instalada no novíssimo CEB (Reprodução)

Sede do Sintex agora está instalada no novíssimo CEB (Reprodução)

Uma das grandes conquistas recentes do Sintex é a sede própria, no Centro Empresarial Blumenau (CEB). Também figuram entre as iniciativas bem-sucedidas da entidade a promoção da Texfair – Feira Internacional da Indústria Têxtil, considerada por muitos anos a maior feira têxtil da América Latina e que deu origem à Turnê do Mercado Têxtil Santa Catarina. O evento inovador, na última semana, chegou a sua sétima edição, promovendo uma semana de negócios com oportunidades para as indústrias têxteis catarinenses alavancarem as vendas.

O grande diferencial da Turnê do Mercado Têxtil SC e o motivo de sucesso do evento é a possibilidade de ser atendido com atenção total pelo seu fornecedor, destaca Kuhn. Hoje, só temos a agradecer pela história que construímos ao lado das indústrias catarinenses, finaliza.

Deixe uma resposta