Karina Beatrice em A BOINA: Karina por Karina, um bate-papo para A BOINA

Expressão serena, sorridente, daquelas que já se nota a confiança, a disposição em ensinar e fazer diferente. Eis a amiga de A BOINA, colunista deste blog, Karina Beatrice Frainer, em entrevista especial sobre seu novo projeto no mundo da consultoria de imagem e comportamento (Arquivo Pessoal)

(André Bonomini)

Pois então, amigos, hoje o espaço de Karina Beatrice será assumido por…mim! André Bonomini!

Mas calma! Nada de grave não! É que, excepcionalmente neste post, nossa querida colunista de moda e comportamento é o assunto da vez. E que forma mais em casa possível para Karina do que ela contar mais de si mesma e de seus projetos aqui em sua própria coluna? Muito além de uma simpática homenagem de A BOINA, este bate-papo trará aos amigos algo mais, os projetos e quem é esta simpática moça que deixa sua palavra e seus conhecimentos a disposição dos frequentadores do blog.

Recentemente, Karina colocou no ar seu site profissional, divulgando também seus cursos voltados a construção de imagem e comportamento, uma necessidade tão latente nestes dias de relações interpessoais cada vez mais profundas com nossos semelhantes, além de matérias, crônicas e deliciosas receitas do seu espaço Quanto de Amor?.

Vamos juntos, este bate-papo está apenas começando. Fique conosco e siga adiante abaixo:

Karina e a pequena Sophie Beatricce. Uma jornalista mãe-coruja, inspirada pelos sorrisos da pequena (Arquivo Pessoal)

A BOINA: Karina, nossos amigos leitores estão curiosos por saber quem é esta moça de cabelos ondulados e ideias alegres. Descreva quem é Karina Beatrice Frainer para nossos bons amigos que aqui estão hoje:

Karina: A Karina Beatrice é uma mulher com o coração de uma menina. Aquariana, sonhadora e apaixonada por moda, comunicação, arte e cultura. Com 33 anos de sentimentos, momentos e experiências, acredita que a educação é a base e que tudo que a gente deseja consegue conquistar. Basta acreditar de verdade, planejar e agir. Sou mãe da Sophie Beatricce, de 1 aninho, que já apresenta seu gênio forte, ainda no berço.

Tenho mente aberta, mas características tradicionais. Escrevo e canto para liberar meus pensamentos e despertar a criatividade. Sou proativa, porém aprendi fazer uma coisa de cada vez, com concentração e dedicação. E principalmente, que o Diabo mora nos detalhes.

Sou a construção de algumas facetas: Karina menina, mulher, mãe, irmã, amiga, profissional, apaixonada, esposa, cantora, poetiza, designer, jornalista, consultora, desenhista e leitora. Mas sou única!

Meu propósito de vida é ajudar as pessoas por isso faço trabalhos voluntários e decidi criar uma empresa para compartilhar ideias através de cursos.


A BOINA: Pelas colunas que tantos nos alegram em A BOINA, nota-se muito mais do que uma jornalista amante da moda e que faz dela parte de suas ocupações. Nota-se também alguém preocupada com o comportamento, com a auto-estima e o viver bem das pessoas. Como todo este universo foi nascer em você?

Karina: Sempre acreditei nos meus sonhos e desde pequena fui incentivada a correr atrás deles. Ainda não cheguei aonde quero, mas estou no caminho. Durante minha trajetória, ouvi as mais lindas histórias, de fé, luta, amor, tristeza, superação e conquista de objetivos. Isso me fez pensar muito sobre a vida e compreendi que nada acontece por acaso e que somos responsáveis pela situação em que nos encontramos.

Desafios todos nós encontramos, a diferença está na maneira como os encaramos. Em minhas aulas, sempre apresento isso a meus alunos. Todos nós temos capacidade de alcançarmos nossos objetivos e é preciso querer de verdade, planejar o caminho e principalmente agir. Caso contrário tudo será apenas projetos em gavetas. Vejo no olhar das pessoas a vontade de mudar, de criar coragem e seguir o coração. Eu sempre fiz isso e não me arrependo.


A BOINA: Em volta, pessoas e pessoas passam por nossa vida, e muitas vezes não sabemos no que elas estão errando ou acertando no seu comportamento. Como atua de facto uma consultora? E esta visão dentro do mundo jornalistico contribui para este trabalho?

Karina: Minhas formações foram essenciais para o trabalho que estou desenvolvendo agora. Na área da comunicação aprendi as técnicas e as melhores maneiras de transmitir as informações e compartilhar com as pessoas. Aprendi que é necessário se comunicar em todos os momentos, pois uma boa conversa pode resolver muitas coisas.

Com seus aplicados alunos na Viax Educação, no curso de locução que ministra. Nos olhos e sorriso, o semblante de uma dedicada  (Arquivo Pessoal)

Da área de moda, aprendi acreditar mais no meu potencial, em minhas ideias criativas e o quanto aparência é importante para a nossa vida. Aprendi que é essencial se autoconhecer e identificar gostos e preferências, e certo e errado não existe. Na área da política, aprendi sobre a construção do ser humano, deveres e direitos e o funcionamento de um sistema público, além da construção de uma carreira política.

Aprendi a me relacionar com a imprensa, mesmo que eu seja uma, e que é preciso ter jogo de cintura para os desafios do cotidiano. Na área das mídias, aprendi a importância da internet e como aproveitar a infinidade de oportunidades que ela nos proporciona. Ainda estou colocando em prática. Com a leitura, poesia e escrita no geral, aprendi como podemos ser mais humanos e amar mais. São tantas coisas que aprendi durante cursos e leituras, que fica difícil listar tudo. A fórmula é conhecimento + experiência.


A BOINA: Como surgiu a ideia de se lançar como uma consultora de imagem e comportamento?

Karina: Comecei a pesquisar sobre consultoria de imagem em 2005, mas depois acabei me focando na comunicação. Sempre me senti atraída pela área, pelo estudo do comportamento e do estilo de vida das pessoas. Desenvolvi um curso para a empresa Prime Cursos do Brasil, Consultoria de Moda I e II, e através desta pesquisa e geração de conteúdo, meu interesse voltou acontecer.

No ano passado tive contato com a Consultora de Imagem Fernanda Wachholz, da Wachholz Consultoria de Imagem e Estilo Consciente, uma ótima profissional, que possui formação na Faculdade Belas Artes de São Paulo e que possui experiência no mercado. Aprendi muito. Neste ano, decidi aplicar este trabalho em serviços e cursos para melhorar ainda mais a vida das pessoas, mostrando a elas a importância de se valorizar e de usar o que realmente combina com cada pessoa. Uma transformação que acontece de dentro para fora.

Diante de atentos espectadores numa palestra de consultoria de imagem em Curitiba. Uma profissional ultra-dedicada e de destaque no âmbito da imagem pessoal e comportamento, com novo projeto e voo solo (Arquivo Pessoal)

A ideia da consultoria surgiu no fim do ano passado durante a qualificação em estilismo que fiz no Instituto Orbitato. Decidi juntar o conhecimento e as experiências que adquiri ao longo do tempo em meus trabalhos, com o amor que tenho por lecionar. Assim sigo o caminho do meu propósito de vida que é ajudar as pessoas, e compartilho meus estudos e análises com as pessoas que buscam a mudança: o autoconhecimento, destaque no mercado de trabalho, valorização pessoal, autoestima e aplicação da criatividade.

 


A BOINA: Lembra-se de algum caso em especial que lhe dá orgulho ou algumas risadas nesta carreira de jornalista, professora, consultora e amante da moda?

Assumindo a presidência da seccional timboense da União Brasileira dos Escritores (UBE), uma moça de várias funções, presente em todos os cantos da cultura, moda e o que mais vier (Arquivo Pessoal)

Karina: Sempre tive muito orgulho do que fiz. Erros fazem parte da caminhada de quem age e aprendi muito. Já passei por várias situações engraçadas principalmente na área do jornalismo. Errei o nome do entrevistado ao vivo, li o obituário da semana anterior, falei com microfone aberto fora do ar, e dei boas gargalhadas com os entrevistados em jornal. Me lembro com carinho de importantes participações que fiz como na enchente de 2008 que fiquei mais de uma semana no ar dia e noite, auxiliando bombeiros e imprensa na cobertura das informações.

Em Timbó, isso em 2011, fiquei três dias ilhada dormindo e comendo no abrigo, trabalhando na comunicação na Prefeitura. Fiz várias campanhas de doação de alimentos e roupas e auxiliei por quatro anos a Rede Feminina de Combate ao Câncer. Também fiz a minha parte na descoberta dos carros públicos enterrados em Rodeio em 2013. E recentemente fui nomeada Presidente da Seccional de Timbó da União Brasileira dos Escritores (UBE). Sempre fui atuante na sociedade e fico muito feliz em poder ajudar. É a maneira de poder agradecer tantas experiências maravilhosas na minha vida.


A BOINA: Onde as pessoas costumam errar na sua imagem com mais frequência?

Karina: A base de uma análise de estilo e comportamento está no autoconhecimento. As pessoas não param para se analisar, para se compreender e entender suas preferências e gostos, por isso muitas vezes, dizem que não tem estilo. Mas todo mundo tem sim! Este é o papel da consultoria. As informações são baseadas em estudos e análises fornecidas pelo cliente. Nada de achismo.

Os erros mais comuns se relacionam a pessoa usar peças que não combinam com seu estilo ou seu corpo. Quando você decide sair de casa precisa ser consciente de que as pessoas irão vê-lo e gerar uma opinião. Por isso essa história de só vou ali pode ser bem perigosa. É neste momento que você pode encontrar um cliente, um namorado ou alguém que você não gostaria de ver neste momento.


A BOINA: É claro que nomear um caso em específico de erros para ser aconselhado é quase impossível. São vários! Mas você poderia nos dizer quais são as dicas básicas para não falhar na imagem diante de si mesmo e dos outros?

Karina: Identifique seu estilo corporal e trabalhe a favor dele. Se você tem a medida do quadril maior que a medida do ombro, procure não usar peças que tenham volume na parte debaixo. Use peças mais estreitas para equilibrar o look. Peças escuras também ajudam a disfarçar.

Se você tem ombros largos, evite decote nadador ou canoa, pois evidencia ainda mais esta região. Se você tem aquela barriguinha mais saliente, não use roupas muito justas e também nem muito largas. Encontre um equilíbrio. Cabelos, sobrancelha, unhas arrumadas e roupas alinhadas são essenciais. Você precisa transmitir às pessoas agora a imagem que quer ter para sua vida.


Junto de Ronaldo Fraga, consagrado estilista brasileiro e nome sempre celebrado nas passarelas do SPFW (Arquivo Pessoal)

A BOINA: Seu site foi aberto ao público há alguns dias… Conte-nos mais sobre ele e seu novo projeto!

Karina: Meu site é um projeto que surgiu no fim do ano passado durante a qualificação que fiz no Instituto Orbitato em Estilismo. Procurei juntar experiência e estudos que fiz até hoje na área de moda, comunicação e marca pessoal. Meu objetivo é propiciar às pessoas oportunidade de compartilhar informações e desenvolver o que há de melhor nelas.

Dar asas à imaginação e gerar ação em ideias e projetos. Tudo que você quer, pode se tornar realidade. É preciso saber onde você quer chegar e um planejamento e ação para chegar até lá. Criei cursos bem práticos e voltados para as necessidades reais do dia a dia. O diferencial da proposta é aplicação real e imediata do conteúdo e a troca de experiências. Não quero que as pessoas façam cursos por fazer, mas que aprendam e saiam satisfeitas.


A BOINA: Percebi que temos até um curso de Marca Pessoal para políticos. Uma coisa que falta e muito para candidatos e até para os que hoje estão ocupando cargos de grande monta diante de nós. Onde eles costumam errar e o que você propõe com este curso?

Karina: Minha experiência na política começou em 2008 quando acompanhei a campanha política em Rodeio durante meu trabalho na Rádio Trentina FM. Em 2010 iniciei um trabalho na Prefeitura de Timbó, e em 2012 fiz a campanha política do atual prefeito de Rodeio Paulo Roberto Weiss, que foi reeleito. Trabalhei na prefeitura como assessora até 2014. A preparação de um candidato precisa acontecer muito antes da eleição.

Aparência, posicionamento, oratória, postura, relacionamento com o público e a imprensa, além da visibilidade de onde você quer chegar. São vários tópicos que precisam ser trabalhados com dedicação. O candidato precisa estar preparado para se posicionar como liderança, representar o povo e expressar-se com clareza e objetividade. Estas são algumas das propostas do meu curso. As pessoas buscam candidatos que estão cada vez mais interagidos e preparados para atender as necessidades e superar as expectativas do povo.


A BOINA: Claro que não podemos faltar com um pouco de sentimento dentro deste bate-papo. Que mensagem você deixa a nossos amigos que nos leem agora?

Karina: Felicidade é fazer o que você gosta com amor e dedicação. É lutar intensamente para alcançar seus objetivos sem desanimar, e jamais esquecer que amanhã é outro dia. É ter coragem de assumir sua postura e sua opinião e principalmente acreditar em seus sonhos, mesmo que ninguém mais acredite.

A sua vida não precisa fazer sentido para os outros, somente para você. Mas não esqueça que sua imagem e postura sempre irão gerar reações. O sucesso é resultado da aplicação de um planejamento com responsabilidade, amor e dedicação. Invista na sua marca pessoal, para que você possa ser reconhecido em qualquer local que trabalhar.


A BOINA: Antes de irmos… Karina Beatrice pelas redes, pela net… Quem precisa dela para corrigir comportamentos, imagem… Onde podemos encontra-la?

Karina: Meu site é www.karinabeatrice.com.br. Estou no whats no número (47) 99188-6635, no Facebook em Karina Beatrice, no Instagram também como Karina Beatrice e no e-mail karina@karinabeatrice.com.br.

(Arquivo pessoal)

Karina, se escorreguei em alguma pergunta é porque, em um bate-papo tão alegre como esse, talvez a gente se deixe levar pelas palavras. Agradeço-te, mais uma vez e aqui em público, pela amizade fantástica e de coração, por acreditar e estar aqui em A BOINA e desejo sorte, sucesso e frutos cada vez maiores e mais brilhantes neste novo desafio! Estamos juntos!

E, claro, até breve! Com mais uma brilhante coluna de Karina Beatrice!

Um comentário sobre “Karina Beatrice em A BOINA: Karina por Karina, um bate-papo para A BOINA

Deixe uma resposta