ICOM #10: O mundo “lá fora” em tempos hiperconectados

Enfim, 10 edições! No entanto, o tempo para o ICOM deve ter o mesmo efeito que o vinho: o tornado cada vez melhor. A próxima edição do Festival Interdisciplinar de Comunicação toma lugar de 05 a 08 de junho, trazendo uma reflexão sobre a vida real num mundo cada vez mais conectado e vivido no virtual (Reprodução)

É o décimo ICOM. O tempo costuma ser grato quando coisas boas continuam por tanto tempo. E só quem viveu este evento sabe como é…

Nas palavras de Cid Moreira, um número redondo, que encerra um ciclo na história de cada um de nós, trazendo outra vez aquele ar de novidade e visão do futuro. A cada edição do dito Festival Interdisciplinar da Comunicação, descobertas, debates e aprendizados reinventaram o ICOM ao longo do tempo, desde a iniciativa pioneira, em 2008.

Os simbolismos pela chegada desta edição especial já começam pela logo, que por si só chama atenção e remete a lembranças de tempos passados para acadêmicos que já tiveram a oportunidade de prestigiar e, claro, organizar este que é um dos mais importantes encontros sobre comunicação do estado (sem falta modéstia).

Para o décimo Festival, um luminoso em neon é o destaque. E não é para se parecer um pub a ideia de iluminar a logo. O neon, ou neônio, é um gás nobre que, na tabela de elementos, assinala-se, justamente, com o número 10. A palavra neon também remete ao novo, se puxado pelo seu significado original, vindo do grego (néos=novo).

Para todas as turmas que cursam e já cursaram Jornalismo e Publicidade no IBES Unisociesc, o ICOM é o ápice e o grande momento para a troca de ideias e encontro com alguns dos principais profissionais da comunicação na região e até do Brasil. Cada um permeado com sua característica especial, sua temática e suas histórias únicas passadas pelos corredores da instituição que o sedia.

Online X Offline

Alias, a primeira edição, no distante 2008, procurava nos situar no campo vasto das novas mídias que surgiam. Naquele tempo inocente, pré-catástrofe, mal sabíamos do poder descomunal da internet e dos meios digitais para a transmissão de notícias e exploração comercial.

Fomos mergulhando tanto nessa realidade que, com uma pitada de ironia, chegamos a décima edição do ICOM procurando conciliar a vida hiperconectada de hoje com a vida real, as vezes tão distante dos olhos cada vez mais perdidos nas roladas do Whatsapp ou de outras redes.

Os acadêmicos do quinto semestre de Jornalismo e Publicidade do IBES Unisociesc, a turma responsável por esta edição especial do evento e que tem nas mãos o desafio de sempre: Superar a última edição com encontros entre profissionais e debates sobre tendências e realidades na comunicação atual (Reprodução / ICOM)

Segundo o que descreve a inspiração do Festival deste ano, a ideia é, puramente, buscar o sonhado equilíbrio entre os mundos online e offline, entre o real e o virtual, mesmo que isto pareça impossível na realidade que nos ceifa conversas e relacionamentos sociais em troca de tecladas nos celulares.

E quase não há um ser neste mundão que não viva conectado, seja por umas horas ou por um dia inteiro. A velocidade como a informação é despachada nas redes, as novidades correndo, até mesmo a relação com os amigos e parentes, toda ela está passando diante dos olhos em alguns mil bits nos mobile da vida.

É uma discussão muito válida para o atual momento. Especialmente quando se fala em hiperconectividade, algo que já puxa palavras de ordem sobre o esfriamento das relações sociais, do adeus das conversas, do olho-no-olho e da vida cada vez mais atrelada as redes, especialmente sendo elas, por vezes, um retrato fake da nossa vida real.

Para Onde Vai Voce?: Segurança e amizade

Um projeto inteligente: O Para Onde Você Vai? busca muito mais que segurança no trajeto aos pontos de ônibus, é uma chance de socializar com novas pessoas que, por vezes, você só conhecia de vista (Reprodução)

Emendado com esta ideia de ressocializar, um projeto em especial ganha destaque entre as ações do ICOM deste ano. Desenvolvido pelas turmas de Jornalismo e Publicidade, o projeto Para Onde Vai Você? busca muito mais do que segurança, mas uma forma feliz de encontrar novos amigos.

A ideia é simples e inteligente. Para se entender o conceito, a região onde se situa o IBES Unisociesc não é a mais segura da área central de Blumenau. Isolada de pontos de ônibus e vazia, apesar de iluminada, a redondeza tem sido em vezes alvo de delinquentes, responsáveis por pequenos furtos e outros atos.

Nesta hora, sair em grupo sempre é a forma mais segura de seguir ao ponto de ônibus mais próximo, sendo os principais na Rua 7 e na Avenida Beira-Rio. Nisto, os alunos das duas graduações maquinaram a ideia: criar grupos de pessoas que deixam a sede da instituição em determinados horários, permitindo que estes grupos saiam sempre em grupo, o que dá mais segurança e, incluso no pacote, a oportunidade de conhecer um novo amigo ou nova amiga.

O vídeo institucional explica melhor. Dá uma olhada:

A quem está interessado, acho bom correr. Na programação do ICOM #10 três atividades já encerraram as inscrições, mas outras fabulosas atividades (oficinas, mesas-redondas, palestras e a Mostra de Curta-Metragens .MOV) continuam com vagas. E a melhor parte: inscrição gratuita! Só chegar no site do evento.

Não é apenas mais um ICOM, é o décimo! Um Festival que traz novidades, conceitos, tendencias e, claro… lembranças. Muitas lembranças! As outras turmas da instituição que o digam.

(Reprodução)

Serviço:

O que: 10º ICOM – Festival Interdisciplinar de Comunicação
Quando: 05 a 08/06 de 2017
Onde: Faculdade IBES Unisociesc (Rua Pandiá Calógeras, 272, Jardim Blumenau)
Inscrições / Informações: www.icomibes.com / facebook.com/icomibes
Ingresso: Entrada franca

 

 

Deixe uma resposta