Mega Drive: Um revival para a alegria dos gamers

Então, ei-lo de volta! Depois de uma ansiosa espera, a Tectoy anunciou, enfim, a volta em edição limitada do Mega Drive clássico, para a alegria de nostálgicos gamers pelo Brasil afora Reprodução)

Era só ligar a TV, colocar um cartucho que lá vinha a identificação da marca naquela voz eletrônica inigualável; SEEGAAA!

Quem não lembra do Mega Drive? Muito mais do que a resposta na mesma moeda da Sega para o Super Nintendo, constitui-se num dos vídeo-games mais icônicos de todos os tempos. Notório especialmente por trazer entre seus tantos cartuchos e jogos do sistema a figura de um dos mais famosos personagens dos games de todos os tempos: O velocista Sonic, o ouriço mais veloz do mundo.

Se te despertou alguma recordação além destas neste primeiro parágrafo, saiba que neste mês, os gamers do Brasil recebem sorrindo a volta (ou re-volta) do clássico as vendas. Novamente pelas mãos da Tectoy, responsável pelos produtos da Sega no país, o Mega Drive clássico está de volta em edição limitada para conquistar uma legião de nostálgicos com o aparelho que fez estremecer a poderosa Nintendo e fez o mundo virtual ser visto em 16 bits com mais velocidade do que nunca.

Ao centro, junto da caixa, Stefano Arnhold, da Tectoy, e Tsurumi Naoya, vice-presidente executivo sênior da Sega. A volta do Mega Drive é apenas mais um capitulo na história da parceria entre as empresas brasileira e nipônica que já vai para três décadas (Reprodução/Tecmundo)

O revival do produto já está nas prateleiras de outros países desde junho do ano passado, mas apenas em maio deste ano chegou ao Brasil, sendo apresentado em São Paulo em um evento especial entre as duas parceiras que já vai pra 30 anos de união estável desde os tempos do Master System. É a última das empresas nacionais a produzir equipamentos eletrônicos sob licença de uma empresa estrangeira. A emoção que tivemos em todo o processo foi muito maior do que qualquer pensamento mais racional, contou em depoimento ao site Tecmundo o sócio-fundador e presidente do conselho administrativo da Tectoy, Stefano Arnhold.

Se demorou, não foi muito, e chegou como todo o produto da Sega/Tectoy chega no país. O Brasil sempre foi um mercado em potencial da marca japonesa de games, não se restringindo ao Sonic e demais jogos da empresa, mas também abrindo espaço para o desenvolvimento e produção de games nacionais para o console. Turma da Monica, Ayrton Senna, Chapolin e outros personagens queridos pelo público brasileiro foram feitos do zero aqui. (…) O trabalho de conseguir licenças é sempre o mais difícil, existem muitas partes envolvidas. E essa é nossa maior conquista, disse Arnhold ao Tecmundo.

A volta do console é como um tapa na cara da Nintendo no Brasil. Isto porque, no ano passado (e quase no mesmo período da volta do Mega Drive), a marca de Mario Bros, Pokemon e Zelda anunciava a volta a produção do NES, o popular Nintendinho, apenas no mercado gringo. Diferente do produto da Sega, a Nintendo escorregou, não incluiu o país no lançamento do produto e, ao contrario do Pokemon GO, parece que não há pressa e nem pressão visíveis pela volta do NES ao país, para frustração dos fãs nostálgicos da Nintendo tupiniquins.

O repaginado e recém-retornado NES, o Nintendinho. A Nintendo ainda não tem data para lança-lo no Brasil, numa tendência revival da qual a Sega saiu na frente por aqui (Reprodução)

O retorno do Mega Drive ao cenário gamer mundial não segue apenas a tendência de relançamentos nostálgicos pelo mundo, ele teve muito a ver também com o aniversário do seu carro-chefe entre os games. Ele mesmo, o ouriço-azul Sonic, personagem-simbolo da Sega que completou, no ano passado, os 25 anos de aventuras por Mobotrópolis, catando anéis, em busca das esmeraldas do caos e se metendo em batalhas sem fim junto de Tails e seus amigos contra o endiabrado Dr. Eggman.

Ícone dos anos 90, Sonic não se restringiu aos games, ganhando até as páginas de quadrinhos, animações para TV e produtos correlatos, até mesmo fazendo parte do mundo da F1 ao patrocinar a Williams de forma ostensiva em 1993. E ele ainda está vivo mesmo em tempos de vacas magras. Fontes dizem que uma nova aventura está sendo preparada pela Sega, ainda sem muitas informações.

A volta do Mega Drive na gringa foi no ano passado, marcando os 25 anos de criação do Sonic, um verdadeiro ícone noventista que também está incluso entre os jogos embarcados no novo/velho console (Reprodução)

Agora, finalmente chegado ao Brasil o clássico console traz consigo um show de nostalgia virtual. Da caixa ao produto, tudo remete ao passado. O console traz o design e elementos do primeiro Mega Drive lançado (Outubro de 1988 no Japão, agosto de 1989 nos EUA e setembro de 1990 no Brasil, dois meses antes do lançamento na Europa). A unica adição é do leitor para cartão SD, fora isso, o console e os icônicos controles estão literalmente iguais.

Na memória interna, o novo/clássico Mega Drive vem carregado com alguns dos clássicos da Sega entre os 22 games embarcados, como Sonic the Hedgehog 3 (naturalmente), Alex Kidd in the Enchanted Castle e Golden Axe. Oficialmente no mercado este mês, o preço no site da Tectoy está por R$ 499 (com condições a verificar). E quem não sente falta apenas de Sonic e demais títulos poderá rever, em breve, um clássico nacional para o console: Turma da Mônica na Terra dos Monstros deve chegar em breve ao varejo.

Alias, não é só de Mega Drive que a Tectoy vive. Quem quiser conferir, o site traz ainda entre os consoles o clássico Master System (em versão repaginada) e até uma bela versão retrô do inesquecível Atari, em sua versão Flashback 7, remetente ao clássico 2600 que fascinou o mundo nos anos 80.

Enfim, para os gamers uma boa notícia, e para a história do video game, uma reverencia merecida. Eis de volta o Mega Drive, com a mesma classe e ação de sempre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s