Dom Pedro e Graham Bell: O imperador do Brasil e a revolução da comunicação

Um imperador, um inventor e o telefone começou nesta forma. A amizade de Dom Pedro com Alexander Graham Bell foi crucial para o início de uma revolução nas comunicações que continua até hoje (Reprodução)

(Ricardo Hedler)

Com a praticidade da tecnologia atual, temos acesso a informação e a serviços que a alguns anos não poderíamos nem imaginar. Com um simples toque podemos aprender, nos entreter, pedir comida ou solicitar transporte. Toda essa praticidade na palma da sua mão, nos chamados smartfones, aparelhos de telefone celular que possuem uma interface prática como a dos notebooks, mas com maior mobilidade. Num único aparelho é possível tirar fotos, fazer uma pesquisa na web, jogar, assistir, mandar mensagens etc.

Sua principal função, entretanto, que seria fazer ligações, está ficando cada vez mais de lado. É mais comum mandarmos uma mensagem por Whatsapp do que discar e conversar. É pouco comum utilizarmos orelhões para fazermos ligações, como éramos obrigados a fazer a um tempo atrás. Os jovens de hoje não poderão jamais imaginar como era ter que ir na mercearia mais próxima, comprar um cartão, ou ficha, ir até o orelhão (se estivesse funcionando) inserir o cartão ou ficha, discar o código de área e o número e, ai sim, falar com a pessoa.

Continuar lendo

Liceu d’A BOINA (poesia): A arte de cada um, por Camila da Silva Alves

(Camila da Silva Alves)

Para expressar a arte que você tem dentro de si não é preciso ser um renomado, ter cursos superiores ou algo do gênero. Sempre prezei por isso há tempos, escrevendo poesias que expressavam meu sentimento no dado momento. Amores partidos, datas especiais, momentos, tudo serve de inspiração para criar algo a ser ouvido, contemplado, sentido.

Foi a mesma percepção que tive quando recebi a produção fotográfica e poética de uma jovem paulista com este mesmo sentimento de arte que expressa algo. Camila da Silva Alves, jovem de 16 anos que estuda no terceiro ano do ensino médio e que tem paixão por enxergar os olhos através de uma lente. Ela está movimentando-se no mundo da fotografia em projetos e outras ações e, quando pode, usa sua sensibilidade para registrar imagens incríveis.

E, muito além da imagem, a sensibilidade de Camila também é evidente na produção poética. No pacote que gentilmente me enviou também estavam lá cinco poesias, cinco expressões de sua mente e espírito em momentos de simples inspirações movidas pelos momentos da vida que, ao inspirar um poeta, motivam aquele passeio verborrágico em uma folha de papel.

Essas são as impressões que, certamente, você também terá de Camila ao conferir sua simples, porém inspiradora, produção. Direta, sem métricas, apenas sentimentos, depositados em imagens e palavras simples, diretas, que não precisam de muito para serem verdadeiras provas de arte de cada um de nós!

Bem-vinda ao LICEU, Camila! E você, aprecie suas expressões em imagem e palavra:

Continuar lendo

“Liberte-se!” outra vez: Sakura Card Captors de volta as animações

Quem diria! O primeiro post do novo ano seria sobre um revival dos tempos de juventude. A notícia já é um tanto antiga, mas para os amantes dos animes – especialmente daqueles que marcaram época – sempre causa fascinação ao falar desta moça da cidade de Tomoeda que conquistou meio-mundo com seus mil disfarces e o grito que ordenava a uma de suas cartas mágicas a vinda de seus poderes.

Pois é, as aventuras de Sakura Kinomoto estão voltando neste mês ao cenário dos animes. Já voltaram há algum tempo com o relançamento do mangá pelas moças da CLAMP, responsáveis por jogar no mercado as aventuras da jovem em mangá de 1996 a 2000 e na TV de 1998 a 2000. Agora, as jovens pretendem prosseguir a correção de rota que a história tomou no famigerado episódio 70 e no filme A Carta Selada. É a esperada volta de Sakura as aventuras animadas, que já chegou mostrando a que veio.

Continuar lendo