Gramming & Marbles (MotoGP): Em Austin, Márquez bate cartão e Rossi é o novo líder

2017-2-austin-motogp-qualifying-results-1

Você já sabia. Nós também. Vitória de Márquez nos EUA é mais manjada que A Lagoa Azul na Sessão da Tarde (Reprodução)

Sabe quando você tem um dia totalmente burocrático no seu trabalho? Nada além de uma jornada comum sem grandes histórias? Então, assim é a vida de Marc Márquez quando a MotoGP corre no Circuito das Américas. O domínio do espanhol na pista é tamanho que correr lá fica parecendo uma mera formalidade.

Diante da obviedade do resultado na pista de Austin, a grande história da corrida foi mesmo o tombo de Maverick Viñales, embolando a briga pelo campeonato que tem agora ninguém mais ninguém menos que Valentino Rossi na liderança! A grande pergunta agora é se o italiano vai conseguir sustentar essa briga valendo-se de sua conhecida consistência.

Continuar lendo

Gramming & Marbles (F1): Vettel acerta jogada de xadrez e fatura no Barhein

Tática perfeita em Sakhir: Ferrari acerta, novamente, a mão nos pits e Vettel, que não perdeu chance alguma durante a prova, faturou mais uma e voltou a liderança no campeonato (Getty Images)

(André Bonomini & Douglas Sardo)

Quem se baseou com o que viu no treino, podia acreditar que a corrida de domingo seria uma procissão com as Mercedes se sucedendo na ponta em Sahir. Fora a surpresa de Valtteri Bottas, tomando a pole de Lewis Hamilton no canto do cisne, a chuva de apreensões sobre a prova árabe começava a cair no terreno arenoso.

Mas, nas palavras certeiras de Galvão Bueno, que parafraseou o inesquecível campeão de 1962 Didi, treino é treino, jogo é jogo. E como treino e corrida, por muitas vezes, tem grandes diferenças na situação vigente, não dava pra ir para a largada no Barhein acreditando na procissão iminente.

Graças a Deus, ela não veio, e entregou uma corrida interessante, onde a Ferrari soube virar o jogo e Sebastian Vettel, no grande duelo do ano até o momento, reverteu a desvantagem com uma grande corrida e bebeu do suco de laranja com rosas no lugar mais alto do pódio. De costume, voltou a liderança do campeonato e obriga a turma das flechas de prata a afiar as armas para a prova seguinte.

Afinal, temos um campeonato, e dos bons. Mas vamos ver como foi o fim de semana barenita, que valeu a pena dividir entre a TV e o almoço de Páscoa.

Continuar lendo

Gramming & Marbles (Indy): Hinchcliffe volta as vitórias em Long Beach (E tudo sobre Alonso nas 500 milhas)

Hinchtown está em feriado desde o último domingo. O filho mais ilustre da cidade fictícia mais veloz da Indy voltou as vitórias depois de dois anos. James Hinchcliffe passou por cima das estratégias dos rivais e foi a gloria em Long Beach (IndyCar)

(Douglas Sardo)

Se restava alguma dúvida sobre a ressurreição da Honda na F-Indy, não resta mais. O fim de semana em Long Beach foi dominado pelos carros de kit nipônico, e com exceção de uma celebradíssima pole de Hélio Castroneves o que se viu foi uma briga estratégica entre os carros de motor japonês com dois carros da Penske correndo por fora. No final, vitória de James Hinchcliffe após praticamente dois anos e um terrível acidente em Indianópolis/2015.

Mas a notícia do bom desempenho dos comandados de Allen Miller não faz sorrir apenas os americanos. Ela chegou até a região das Astúrias, terra de um certo bicampeão mundial de F1. Sim, Fernando Alonso está animado para cruzar o mar e confirmou esta semana que estará nas 500 milhas de Indianópolis deste ano.

Se você achava que não íamos comentar esta bomba… Sim, vamos falar sobre isso também! Mas antes, a corrida litorânea do último domingo, naturalmente.

Continuar lendo

Gramming & Marbles (MotoGP): Tombo de Márquez entrega vitória fácil para Viñales na Argentina

Com uma mão nas costas: Numa corrida que contrariou as emoções da MotoGP – e bem diferente da prova do ano passado – Viñales faturou a segunda praticamente sem rivais e mesmo partindo de um grid embaralhado (Reprodução)

(Douglas Sardo)

Após as emoções da F1 na madrugada chinesa, o domingo ainda reservava a corrida da MotoGP na terra de Diego Maradona. Mais uma vez a chuva influenciou os treinamentos, porém, sem tanto drama dessa vez – nenhuma sessão foi cancelada – apenas o suficiente para embaralhar o grid.

Com Marc Márquez na pole e as Yamaha largando em sexto e sétimo, a promessa era de uma corrida bastante movimentada. Mas não foi bem assim. Uma série de tombos acabou minando parte da competição, e com certa tranquilidade, Maverick Viñales venceu pela segunda vez em duas provas em 2017.

Continuar lendo

Gramming & Marbles (F1): Hamilton fatura a primeira de 2017 em domingo empolgante na China

A Mercedes venceu, Hamilton venceu, mas nada de prova monótona. A corrida da China foi totalmente na contramão da procissão australiana e apresentou uma prova cheia de diversão, alternativas e momentos emocionantes. No fim, o inglês da flecha prateada aproveitou os contratempos de Vettel para carimbar a primeira vitória no ano (Getty Images)

(André Bonomini & Douglas Sardo)

Vou dizer com sinceridade: quem acordou de madrugada e resistiu as 56 voltas fez um excelente negócio. Pode contar aos amigos que viu uma corrida empolgante ao vivo (mesmo aguentando as histerias de Luiz Roberto), com pegas fabulosos e um passão monumental. O fim de semana de F1 no GP da China foi assim mesmo, fora a diversão da turma em Xangai, Lewis Hamilton confirmou o favoritismo mas não venceu só por ele, contando com um fator crucial para correr a sós e faturar o galardão.

Com a corrida desta noite, muitos que vociferaram contra o que viram nas ruas de Albert Park, em Melbourne, vieram com discursos de a F1 voltou, corrida emocionante, corrida divertida. Talvez o que vimos nas curvas de Xangai foi um tremendo cala a boca a quem já estava tirando conclusões precipitadas sobre o ano de 2017. Temos um campeonato, e não é porque a Mercedes está errando ou algo assim. Tudo está a plena, e, agora, os bons samaritanos começam a mudar de opinião.

Continuar lendo

Gramming & Marbles (MotoGP): Garra de Dovizioso e vitória de Viñales na noite louca do Catar

Que cartão de visita! Viñales já começou a estada na Yamaha com uma vitória de entrar nos compêndios de história da MotoGP. E não foi só isso no fim de semana maluco de abertura da temporada no Catar. Teve de tudo, de brigas ferozes a quedas doidas (Reprodução)

(Douglas Sardo)

Enfim a espera terminou. Após quatro meses, a MotoGP voltou às pistas trazendo várias mudanças nas duplas de pilotos e carregando enorme expectativa para a primeira etapa de 2017 em Losail, no Catar. E apesar dos problemas notáveis da organização da prova, valeu a pena ter paciência com os adiamentos da largada: A corrida foi simplesmente espetacular, com grandes surpresas e duelos incríveis pela vitória.

No final, triunfou o espanhol Maverick Viñales em sua estréia pela Yamaha, após emocionante batalha com Andrea Dovizioso, da Ducati. O pontapé inicial de 2017 não poderia ser melhor. Vamos aguardar ansiosamente a próxima corrida daqui duas semanas. Enquanto isso, acompanhe como foi este fim de semana maluco e emocionante no meio do deserto.

Continuar lendo