Liceu d’A BOINA (literatura): Os Estrangeiros (Parte2)

(Reprodução / Congresso Bruxólico)

(Camila Klitzke & André Bonomini)

Capítulo 3

Foi acordada pelo susto do Thiago chamando do lado de fora da tenda. Olhou o relógio e deduziu que havia dormido uma hora apenas, cambaleando pegou suas coisas e foi em direção ao carro.

– Mika, e o Estrangeiro? Vai se despedir? – Rastafári a questionou.

– Vou, mas não sei onde ele está instalado… Deve estar dormindo agora.

Chovia muito, mesmo assim, ela percorreu as tendas, que se localizavam perto do rio e começou a questionar a respeito do grupo de Cariocas para as pessoas que encontrava. Ninguém soube responder… Bufou com tristeza e seguiu viagem.

Já era perto das três horas da tarde, quando Vinicius abriu os olhos e deu de cara com o livro que havia prometido entregar para Mika. Deu um sobressalto da cama, estranhamente empolgado com o que vivera na noite anterior. Talvez arrependera-se em minuto de não ter dado a ela a chance de um beijo apenas naquela mistura de sentimentos. O e “se”… martelava como um fantasma… poderia ter evitado o acidente?

Continuar lendo

Liceu d’A BOINA (poesia): A arte de cada um, por Camila da Silva Alves

(Camila da Silva Alves)

Para expressar a arte que você tem dentro de si não é preciso ser um renomado, ter cursos superiores ou algo do gênero. Sempre prezei por isso há tempos, escrevendo poesias que expressavam meu sentimento no dado momento. Amores partidos, datas especiais, momentos, tudo serve de inspiração para criar algo a ser ouvido, contemplado, sentido.

Foi a mesma percepção que tive quando recebi a produção fotográfica e poética de uma jovem paulista com este mesmo sentimento de arte que expressa algo. Camila da Silva Alves, jovem de 16 anos que estuda no terceiro ano do ensino médio e que tem paixão por enxergar os olhos através de uma lente. Ela está movimentando-se no mundo da fotografia em projetos e outras ações e, quando pode, usa sua sensibilidade para registrar imagens incríveis.

E, muito além da imagem, a sensibilidade de Camila também é evidente na produção poética. No pacote que gentilmente me enviou também estavam lá cinco poesias, cinco expressões de sua mente e espírito em momentos de simples inspirações movidas pelos momentos da vida que, ao inspirar um poeta, motivam aquele passeio verborrágico em uma folha de papel.

Essas são as impressões que, certamente, você também terá de Camila ao conferir sua simples, porém inspiradora, produção. Direta, sem métricas, apenas sentimentos, depositados em imagens e palavras simples, diretas, que não precisam de muito para serem verdadeiras provas de arte de cada um de nós!

Bem-vinda ao LICEU, Camila! E você, aprecie suas expressões em imagem e palavra:

Continuar lendo

Liceu d’A BOINA (Literatura): Triste Cinderela

(Reprodução / Disney)

(Jennifer Gabrielly)

Com uma tiara enfeitando o topo da cabeça, a pele branca como a neve com leves sardas distribuídas com perfeição. Os lábios desenhados e pintados com um vermelho vivo. A silhueta coberta por um belo vestido azul. Ela com certeza era a jovem mais bela daquele baile. Todos os olhos seriam atraídos pela sua beleza. Ela era a dama da noite que roubará o príncipe de todas as outras.

Cinderela seguiria para o seu baile assim como estava no contrato. Sairia de lá meia-noite sem que sua madrasta se quer soubesse de sua saída, tudo isso com uma única condição, NINGUÉM poderia saber quem era ela.

Continuar lendo

Liceu d’A BOINA (Literatura): Os Estrangeiros (parte 1)

(Reprodução)

(Camila Klitzke & André Bonomini)

Capitulo 1

(Corte p/sonho…)

Passou os dedos nos seus lábios carnudos e por esse momento sentiu a delicadeza do tocar de uma rosa. Ela fechou os olhos e roubou um beijo, que o fez deseja-la mais e mais. Ela tinha cheiro de felicidade. Intensidade era a sensação que os dominavam e ele levantou a camiseta dela fervorosamente. Sua pele era branca como o sul.

Ele a segurou pela nuca deslizando seus beijos até a parte abaixo do umbigo, assim que terminou de beija-la, ela introduziu os dedos dele em sua boca e lançou um olhar, que já não era mais da menina moleca e sim, um brilho de chama, algo selvagem no ímpeto. Nesse momento, seus corpos estremeceram em uma dança frenética ao mesmo tempo que lançavam suspiros poéticos à cada batida.

Alí… naquela tenda era um mundo que se distanciava do mundo de fora…

(…fim do sonho)

Continuar lendo

Liceu d’A BOINA: Aberto o espaço de arte mais democrático da internet

Um espaço para a arte, para o lado artista que há dentro de cada um. Literatura, artes plásticas, pintura, música, dança… está aberto o Liceu d’A BOINA, e você ajuda a construir este espaço (Arquivo)

Arte. De todas as formas e expressões. De todas as linguas e ideias. Arte que está presente em nós nas mais variadas formas, produtos e realizações. A arte não escolhe lugares, não escolhe pessoas, não escolhe formas, ela simplesmente aparece e deslumbra a quem a vê com olhos livres de vicios e padrões antiquados.

A arte merece espaço, e A BOINA não poderia mais ficar fora deste universo, cercada de todas as formas de produção e expressão que ela produz em todos os cantos do mundo. E neste intuito, e na busca de renovar os conteúdos que aqui são publicados que embarcamos num novo espaço, aberto a todos que fazem da arte uma parte de sua vida: Eis o LICEU D’A BOINA (LdaB).

A proposta deste projeto é simples e direta: um espaço para todos que tem uma manifestação artística para mostrar ao mundo em todos os segmentos. Literatura (produções e críticas literárias), artes plásticas, pinturas, música, dança, iniciativas artísticas, o que for. Tudo que emane no ambiente a inspiração dos seus autores e o deslumbre de suas criações. Que sirva de motivador para quem tem dentro de si uma manifestação reprimida artístico-cultural que carecia, apenas, de um espaço.

É nesse embalo, com cores, rimas e melodias, que A BOINA abre oficialmente o seu espaço mais artístico, não só para ela, mas para todos que, na cuca, trazem criatividade e inspiração. Está aberto o LdaB, e você faz a exposição.

Envie seus trabalhos para: blogaboina@gmail.com

Entre em contato: (47) 99916-1560 / facebook.com/blogaboina