Videotape n’A Boina nº 50 – (Double Special) Uma boa ideia para celebrar

CHEGOU! Eis o post #50 do VTnaB! Vamos celebrar! (Arquivo)

CHEGOU! Eis o post #50 do VTnaB! Vamos celebrar! (Arquivo)

(Lucas “Luke” Baldin & André Bonomini)

Prefácio: 50 viagens pelo mundo pop. Hora de celebrar algo!

(André Bonomini)

Luke Baldin vai me matar, a maior da verdade, mas resolvi trocar as bolas neste texto pois há muito a dizer sobre este espaço. Pode ser tantos não o conheçam bem ainda mas meu maior desejo é que o conheçam tão bem quanto A BOINA gostaria. E neste esforço de mais de 500 posts, cada colaborador que doou seu tempo é lembrado com muito carinho por este jornalista, por acreditar que dá pra fazer diferente, um jornalismo inteligente, descontraído, didático e que permita se divertir com algo saudável a mente.

Nas corridas pioneiras d’A BOINA, atrás de idéias para incrementar este canto da internet, me encontrei com o bom e velho Lucas Baldin. Garoto sonhador, alegre ao extremo, grande amigo e uma figura das mais divertidas para qualquer um que o conheça. As vezes me dando medo, as vezes me assustando mas, na maior parte do tempo, fazendo a mim e a todos a sua volta soltarem saudáveis gargalhadas. Uma mente criativa que, mesmo nas horas de bloqueio, sabe se expressar do seu jeito e que faz do Videotape este lugar tão colorido em meio ao livro de história que é o blog.

Continuar lendo

Videotape n’A Boina nº38 – Pokémon GO e a agonia do não lançamento (ainda) no Brasil

 Então, amigos. Hoje vou falar do bafafá do lançamento de Pokémon GO. Pega a pipoca e senta que lá vem história (Reprodução)


Então, amigos. Hoje vou falar do bafafá do lançamento de Pokémon GO. Pega a pipoca e senta que lá vem história (Reprodução)

(Lucas “Luke” Baldin)

Hello, Videotapers! Tudo bem com vocês?

Hoje um assunto que está dando um baita furdúncio na internet essa semana. De terça para quarta foi lançado na Austrália, Japão e Nova Zelândia o jogo para celular Pokémon GO. No restante do mundo ainda não foi lançado. Aqui no Brasil teve quem conseguiu burlar o sistema e baixar o jogo de outras maneiras (não-oficiais), claro que deu pau no sistema. Mas enfim, a seguir vou dizer o que eu acho de tudo isso.

Pokémon GO foi anunciado no ano passado. Desde então uma galera está ansiosa pela experiência que o jogo virá a oferecer: trazer os Pokémon para a realidade. Como assim? Simples. O aplicativo usa o sistema de GPC para localizar você e os pokémon estarão espalhados por aí. Você terá de ir atrás deles e quando um dos monstrinhos aparecer você poderá ve-lô usando a câmera do seu mobile, com auxilio da realidade aumentada o pokémon será inserido onde você está.

Continuar lendo

Videotape n’A Boina nº36 – Sexo frágil? Não! Elas são “Casadas & Armadas”

Elas são lindas, fortes e perigosas. Hoje vamos conferir se vale a pena ou não assistir Casadas & Armadas do Investigação Discovery, canal que por falar nisso tem ótimos programas pra quem gosta dessa linha (Reprodução)

Elas são lindas, fortes e perigosas. Hoje vamos conferir se vale a pena ou não assistir Casadas & Armadas do Investigação Discovery, canal que por falar nisso tem ótimos programas pra quem gosta dessa linha (Reprodução)

(Lucas “Luke” Baldin)

Hello, Videotapers! Tudo bem com vocês?

No post de hoje mais uma dica de um programa supimpa aqui n’A BOINA que está de níver! Continuando na vibe policial, hoje vou falar sobre o que eu penso do docudrama Casadas & Armadas do Investigação Discovery – ID (Discovery Networks). Não estranhem eu ter parado de falar de desenhos e k-pop, estou preparando pautas legais para conversar com vocês. Vamos aproveitar essa minha onda mais sóbria (risos).

O programa aborda casos de mulheres que cometeram crimes violentos contra seus maridos e/ou amantes. Geralmente os crimes ocorrem como uma forma (bem errada) de defesa contra abusos dos seus parceiros, outras vezes porque uma psicopata mora dentro de belas e fortes mulheres. A cada edição a Dra. Casey Jordan entrevistas as protagonistas dos casos e assim os fatos são jogados na mesa.

Continuar lendo

Videotape n’A Boina nº35 – É hora de salvar o dia com Polícia 24h

Hoje vou falar sobre Polícia 24h, o reality documentário que mostra os bastidores das ações policiais Brasil afora (Reprodução)

Hoje vou falar sobre Polícia 24h, o reality documentário que mostra os bastidores das ações policiais Brasil afora (Reprodução)

(Lucas “Luke” Baldin)

Hello, Videotapers! Tudo de boa?

Hoje venho falar de um programa que, como podemos dizer… Estou viciado. Acompanho pelo canal A&E o programa Polícia 24h, que também tem exibição pela rede aberta, na Band. A atração está desde 2010 no ar e acompanha ocorrências polícias de todo o tipo: De ladrão atrapalhado à encrencas de entre vizinhos e até mesmo aqueles bebuns que viram memes depois.

Confesso que quando assisti pela primeira vez lá em 2010 não tinha gostado muito, mas sobre isso comento daqui a pouco. Pega o colete a prova de balas e vamos adentrar na dica de hoje.

Continuar lendo

Videotape n’A Boina nº31(Crítica) – X-men: Apocalipse

 

Aviso: Se você é fanboy dos X-MEN e não sabe lidar com críticas negativas, aconselho que não leia esse texto ou você vai ficar de birrinha comigo ;) (Reprodução / Marvel)

Aviso: Se você é fanboy dos X-MEN e não sabe lidar com críticas negativas, aconselho que não leia esse texto ou você vai ficar de birrinha comigo 😉 (Reprodução / Marvel)

(Lucas “Luke” Baldin)

Hello, Videotapers! Tudo bem com vocês?

Hoje volto a fazer uma crítica, algo que, por falar nisso, inspirou o primeiro texto aqui n’A BOINA quando falei minhas impressões sobre Vai que ColaO Filme. Essa foi a terceira semana seguida que fui ao cinema, dessa vez fui duas vezes na mesma semana. Sou muito exigente, gosto de ir no melhor dia, no melhor horário e ainda por cima na exbição 3D. Para esse filme que vou citar nem fiz questão de pagar mais caro indo na versão em três dimensões.

Já havia assistido a uma dura crítica sobre o o longa que vou comentar, essa me inspirando para dizer que X-Men: Apocalipse é fraco, confuso e uma prova de que essa foi apenas um jeito dos produtores ambiciosos juntar grana com algo que está na tendência: Filme de equipe de super-heróis.

Continuar lendo

Videotape n’A Boina nº30 – Ir ao cinema sozinho ou acompanhado? Oh dúvida cruel!

Calma galera em PB, não tem por que se assustar! É apenas o Tio Luke de volta com mais uma crônica. Hoje vou falar sobre ir ao cinema sozinho vs. ir acompanhado. Que tal, guapos? (Reprodução)

Calma galera em PB, não tem por que se assustar! É apenas o Tio Luke de volta com mais uma crônica. Hoje vou falar sobre ir ao cinema sozinho vs. ir acompanhado. Que tal, guapos? (Reprodução)

(Lucas “Luke” Baldin)

Hello, Videotapers! Tudo bem com vocês?

Desculpem minha ausência na semana passada, mas foram muitas coisas acontecendo e eu acabei por não ter energia para trazer a dica da semana aqui n’A BOINA. Bem, logo o Canal Videotape vai ganhar um quadro novo e ainda estou resolvendo um problema técnico que está perturbando o VT. Fora que com o emocional virado no trapo ficou um pouco difícil estar na Ultra Vibe de sempre. Pensando nisso resolvi trazer mais uma crônica e compartilhar com vocês algo que essa semana fiquei matutando: Ir ao cinema sozinho ou acompanhado?

Sim. O cinema para uns é apenas um passa-tempo, um programa pra quando o fim de semana está livre ou até mesmo um lugar para o primeiro encontro. Pra alguns pode até ser. Mas para mim é diferente. Ir ao cinema é tipo um evento. Escolher o dia perfeito da semana (quando as probabilidades da sessão estar vazia são grandes), um horário bom (que não seja nem muito cedo para sair e nem muito tarde para voltar), uma roupa confortável (ninguém merece assistir mais de uma hora e pouco de filme com a gola da camisa apertando, né?). Porém, tudo isso varia e até complica dependendo se você vai sozinho ou acompanhado.

Então, estejam confortáveis aí por que vou dividir essa crônica em duas partes: Sozinho e Acompanhado. Desde já concluo que das duas maneiras é bom de ir e também tem suas desvantagens. Tem dúvida disso? Leia o texto e desenvolva o pensamento comigo. Ah, só pra constar que eu vou desenvolver as linhas de raciocínio com base nas experiências que eu já tive.

Continuar lendo